12 de junho de 2024

Caminho de Cora Coralina – Trecho 2 (De Salto de Corumbá a Pico dos Pireneus)

O Caminho margeia o Salto de Corumbá, cujas águas formavam um grande poço que, de tanto ouro depositado no fundo, levou os exploradores a desviarem o rio e abrirem um canal para esgotá-lo, possibilitando a retirada do precioso metal.

A entrada no Parque Estadual dos Pireneus se dá pelo município de Cocalzinho, próximo à Missão Vida na Fazenda do senhor Gilberto, a entrada deve ocorrer até às 16h. Daí, os visitantes se deparam com formações rochosas em arenitos e quartzitos, datadas do período pré-cambriano, cruzam o Cerrado Rupestre até chegar ao Pico dos Pireneus, a 1385 metros de altitude, onde há uma capela dedicada à Santíssima Trindade. Do cume é possível avistar em 360 graus o Parque, as cidades de Cocalzinho, Corumbá de Goiás e Pirenópolis, e até onde a vista alcançar. A descida deve ser feita até às 17h. Aqui você deverá ter apoio para o resgate ou seguir até um ponto de hospedagem ou alimentação.

[sgpx gpx=”/wp-content/uploads/gpx/02-Caminho_de_Cora_Coralina_(Salto_de_Corumba_a_Pico_dos_Pireneus).gpx”]

Veja também

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização