12 de junho de 2024
Foto, dedo e dinheiro: Sílvio Sá

Como consertar um pneu rasgado com apenas dois reais

Imagine a seguinte situação: você está fazendo sua trilha favorita, quando ao tentar transpor aquele rock garden insano, o pneu de sua bike subitamente explode, graças a uma aresta de pedra que acaba de rasgá-lo.

Neste caso, não basta apenas trocar a câmara de ar. Ao inflar a nova câmara dentro do pneu rasgado, ela irá tentar escapar pelo rasgo, podendo explodir também e arruinar o seu dia de vez. O que fazer?

A solução neste caso é construir um calço ou manchão e colocá-lo entre o pneu danificado e a câmara de ar. E acreditem se quiser, o melhor material para isto é uma simples cédula de dinheiro!

As notas de dinheiro são confeccionadas com papel com alta quantidade de fibras naturais e sintéticas, o que garante sua resistência e leveza, transformando-as em um excelente manchão.

O próximo passo é colocar a mão na carteira e utilizar uma cédula de dinheiro. Recomendamos a de dois reais, mas se você é daqueles que só anda cheio da grana (não é o nosso caso!), nada impede que você utilize notas de maior valor.

Dobre a nota pela metade e, em seguida, dobre-a novamente. Coloque-a na parte interna do pneu, entre o mesmo e a câmara de ar, exatamente sob o rasgo (encha um pouco a câmara de ar para facilitar o trabalho. Monte o pneu na roda, infle-o com sua bomba e pronto! Você já está apto a voltar pedalando com seus amigos!

Não tem dinheiro no bolso? Tudo bem, isto acontece… Você pode utilizar no lugar da nota qualquer embalagem plástica resistente, como as de barras de cereal ou de biscoitos.

P.S.: A marca Park Tool produz um excelente produto para reparos de pneus. trata-se do Emergency Tire Boot, feito em vinil adesivo. Mas convenhamos, você não irá conseguir reparar seu pneu com ele gastando apenas dois reais…

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização