21 de Janeiro de 2018
Inicial | Notícias | Design | Canyon apresenta e-bike com suspensão eletromagnética e transmissão ‘invisível’

Canyon apresenta e-bike com suspensão eletromagnética e transmissão ‘invisível’

Suspensão da Orbiter conta com sistema que altera eletronicamente a resistência de um fluido dentro de seus pivôs, alterando seu comportamento de acordo com as características de terreno e condução

Reconhecida internacionalmente pelo design arrojado de suas bicicletas, a premiada Canyon apresentou à imprensa especializada um modelo conceitual de bicicleta eletricamente assistida (e-bike) que reúne inovações tecnológicas que poderão vir a serem utilizadas em futuros modelos comerciais da marca alemã.

Projetada pelo designer industrial Daniel Frintz, a Canyon Orbiter destaca-se por seu visual futurista e limpo, onde componentes como o  grupo de transmissão e a suspensão traseira ficam totalmente ocultas pelo quadro. Dois pequenos motores instalados nos cubos das rodas dianteira e traseira são responsáveis pela assistência elétrica às pedaladas, graças a um engenhoso sistema ‘fly-by-wire‘, onde um painel de controle computadorizado monitora a força exercida pelos pedais e aciona a tração dianteira, traseira ou total, de acordo com as necessidades decorrentes do terreno e sua inclinação. Desta forma, dispensa-se o uso de sistemas de transmissão convencionais, que transmitem a força das pedaladas para a roda traseira por meio de correntes ou correias dentadas.

A suspensão traseira utiliza um inovador sistema de acionamento eletromagnético, que altera eletronicamente a resistência de um fluido dentro de seus pivôs, permitindo alterar seu comportamento, curso e retorno baseado em um grupo de sensores que monitoram constantemente as características de condução, peso do ciclista e tipo de terreno e as transmitem para a central de controle, que ajusta o amortecimento automaticamente ou por intervenção direta do ciclista. O resultado é uma balança traseira limpa, como em uma bicicleta sem suspensão. 

A bicicleta-conceito da Canyon conta ainda com um painel de controle integrado ao seu guidão, que informa o funcionamento dos modos de tração e amortecimento, nível da bateria, velocidade e autonomia, entre outros.

Desenvolvida originalmente como uma bike para downhill urbano, a Canyon Orbiter utiliza garfo amortecedor dianteiro do tipo invertido, que proporciona uma melhor leitura do terreno e maior rigidez estrutural. A bike conta com pneus de cravos baixos G-One, da marca Schwalbe, de alta capacidade de rolagem em asfalto.

Embora seja um produto conceitual que sequer tem previsão de tornar-se algum dia um protótipo, a Canyon tem por tradição aproveitar muitas das tecnologias criadas por seus designers em seus modelos comerciais.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização