17 de junho de 2024
Raiza Goulão
Raiza Goulão - Foto: Alemão Silva

Raiza Goulão analisa sua participação no Pan-Americano de MTB

Com pódio em todas as provas que participou, ciclista brasileira conquistou duas medalhas de prata e uma de bronze

A sensação minha de ir para o Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike XCO, em Congonhas (MG), para mim era essa: Sentir como estava o termômetro da minha performance perante as atletas que variam no nível entre Top 10 e Top 20 do mundo.

Foi bem legal e positivo para mim correr as três provas que participei, Team Relay, na quarta-feira, Short Track, na sexta, e Cross-Country Olímpico, neste último domingo.

Se for parar para pensar, um excelente aproveitamento. 100% das corridas estive no pódio, com três medalhas garantidas: pratas nas duas primeiras e bronze na última corrida.

Raiza Goulão
Foto: Alemão Silva

Correr o Team Relay acabou sendo ótimo, para tirar a tensão da estreia na competição. Corri pela nação e foi bem importante vestir o uniforme da seleção brasileira.

Porém, foi imprescindível contar com o apoio da minha equipe Squadra Oggi, com pessoas que agregam muito, como o nosso diretor Edu Ramires e o mecânico Mineiro. Foi muito fundamental estar presente com eles, e também estar do lado de grandes amigas que tenho, como a Roberta Stopa e a Cassia Garcia.

Todo esse conjunto trouxe bastante leveza para mim. São muitas viagens que faço no decorrer da temporada, fico distante da minha família, então ter pessoas que são verdadeiras amigas por perto, acaba sendo fundamental.

Foram disputas de alto nível nos três dias, que me deram autoconhecimento, me permitiram fazer a avaliação da performance e desempenho. Pude olhar para o lado e ver que estava largando com algumas das melhores do mundo, com a certeza de que estou no nível delas.

No Short Track e Cross-Country, o fundamental era acertar o ajuste correto da bicicleta, porque em cada dia tínhamos um clima distinto. Foi uma caixinha de surpresas. Um dia chovia, a pista mudava.

Faltando 15 minutos para largar no domingo, tivemos que trocar roda e pneu, dando tempo perfeito para não atrapalhar a competição.

Raiza Goulão
Foto: Alemão Silva

Foi mágico, leve e para mim ter a torcida brasileira nos apoiando a cada curva, de cada volta, foi realmente especial.

Agradeço muito a torcida de todos, os que estiveram lá em Congonhas e todos que assistiram à transmissão oficial no YouTube da CBC.

Agora, me preparo para viajar no fim desta semana para Europa. Lá, terei duas etapas da Copa do Mundo UCI, na República (Maio) e Suíça (Junho), e no intervalo de quase um mês entre as duas etapas, estarei em treinamento em Andorra.

Sobre a autora

Raiza Goulão Henrique é ciclista olímpica brasileira especializada no Mountain Bike. Campeã pan-americana de MTB, é Tetra campeã Brasileira de Mountain Bike XCO e bicampeã da Brasil Ride, além de ter representado o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio-2016
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização