23 de maio de 2024
BluBrake

Pinarello e BluBrake desenvolvem sistema de freios ABS para bicicletas

Sensores instalados no cubo e na manete de freio alertam usuário sobre a iminência de travamento da roda dianteira

O fabricante italiano Pinarello e a BluBrake anunciaram ontem (14) que estão desenvolvendo uma nova tecnologia eletrônica embarcada similar à utilizada nos sistemas de freios ABS para automóveis.

O novo sistema anti-travamento foi desenvolvido especificamente para impedir a perda de controle da roda dianteira em situações de frenagem de emergência, o que quase sempre resulta na queda do ciclista.

Ao contrário dos sistemas ABS (Anti-lock Breaking System, sistema de freio anti-travamento em inglês), o BluBrake não é auto-atuante, o que significa que ele não interfere na frenagem, apenas alerta o ciclista, deixando-o na decisão de reduzir a força da manete ou não.

“Nossa ideia foi manter o ciclista no comando total da situação, sem a interferência dos tradicionais freios ABS”, disse a engenheira da BluBrake Fabia Todeschini. “Nosso trabalho consistiu em dar ao ciclista uma espécie de ‘sexto sentido’, através de algoritmos e inteligência artificial de forma prevenir o travamento da roda dianteira, o que acarretaria em perda de controle”, completa.

Basicamente, o novo sistema eletrônico da BluBrake é composto por quatro partes. A primeira e mais importante é a unidade central, que é ao mesmo tempo uma unidade controladora com capacidade de inteligência artificial e uma unidade de medição inercial.

Instalada no interior do quadro, mais precisamente no tubo do selim, a unidade é equipada com acelerômetros e giroscópio de forma coletar dados críticos como variações do terreno e velocidade angular.

Um sensor instalado no cubo da roda dianteira utiliza nano-magnetos para medir com precisão a velocidade e transmitir a informação à unidade central.

Para alertar o ciclista, um motor vibratório instalado na manete de freio é acionado sempre que a unidade central prevê o início do travamento.

A parte final do sistema é a unidade de controle remoto, instalado no guidão da bicicleta. Este dispositivo proporciona ao ciclista até quatro ajustes pré-determinados de sensibilidade, baseados no tipo de terreno e ritmo da pedalada. A programação prévia dos quatro modos pode ser realizada através de um aplicativo específico para smartphones.

De acordo com a BluBrake, a Pinarello está no presente momento testando o produto – ainda sem data de lançamento -, que será totalmente compatível com praticamente qualquer marca ou tipo de bicicleta.

“Nossa meta é fornecer a melhor tecnologia possível para proporcionar segurança ao nossos atletas. A parceria estratégica com a BluBrake vem de encontro a isto e demonstra nossa habilidade de inovar no ciclismo”, disse Fausto Pinarello, CEO da Pinarello Bikes.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização