19 de maio de 2024
Raiza em La Bresse, na França - Foto: Anderson Guedes / Divulgação

Antes da Rio 2016, Raiza Goulão participa da Copa do Mundo de MTB, no Canadá

Atleta disputará em Mont-Sainte-Anne sua última prova antes da estreia no Jogos Olímpicos. No Brasil, Érick Bruske, seu companheiro de equipe, compete no Warm Up Santa Catarina

Atual 11ª colocada no ranking da UCI (União Ciclística Internacional), a goiana Raiza Goulão faz neste domingo (7) sua última prova antes da estreia no Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Raiza está em Mont-Sainte-Anne, no Canadá, onde será realizada a quinta etapa da Copa do Mundo de MTB Cross Country Olímpico (XCO). Já no Sul do Brasil, o catarinense Érick Bruske terá pela frente uma disputa inédita de MTB, em Florianópolis e São Pedro de Alcântara, o Warm Up Santa Catarina da Brasil Ride.

A etapa canadense da Copa do Mundo é especial para Raiza. “Estou feliz demais, porque a duas semanas da prova mais importante da minha carreira, estou em um lugar que me traz ótimas lembranças e energias muito positivas”, destaca Raiza. “Foi aqui que tudo começou para mim na minha carreira, quando participei do MTeenB, em 2010, e fui super bem recebida pelo projeto e seus organizadores”, completa a ciclista de 25 anos.

“Terei que competir com mais cautela, para não me machucar e não correr riscos com a proximidade da Rio 2016”

Em 2013, em Mont-Sainte-Anne, ela terminou no sexto lugar em sua participação no sub-23. No ano seguinte, quando fez sua estreia na elite, concluiu em 41º lugar e, em 2015, foi a 24ª colocada. “É uma pista muito técnica e difícil, e esse ano dificultaram ainda mais, por ter mais subidas. Ao mesmo tempo, terei que competir com mais cautela, para não me machucar e não correr riscos com a proximidade da Rio 2016. Tenho certeza de que exigirá esforço físico e muita habilidade dos ciclistas”, conta.

Feliz com a atual posição no ranking da UCI, o melhor de sua carreira, Raiza espera evoluir em seus resultados anteriores e projeta a performance ideal para a Olimpíada. “Voltar para o posto de 11º lugar do ranking é muito motivador, porque comprova toda minha dedicação nesses anos e me mostra que é possível conseguir resultados expressivos, aqui no Canadá e também na Rio 2016, onde espero ficar no top 15”, afirma Raiza, que nesta temporada obteve sua melhor posição na elite da Copa do Mundo, com o 17º lugar em La Bresse, na França.

Érick Bruske - Foto: Divulgação / Esporte na Foto
Érick Bruske – Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Desafio inédito – O catarinense Érick Bruske, que vem de duas vitórias em competições regionais no seu estado, Desafio Márcio May Pedra Branca e Marathon Água da Serra, disputa no fim de semana a edição inédita do Warm Up Santa Catarina. A prova começará no sábado (6) com prólogo de 16 km no Resort Costão do Santinho e terá continuidade no domingo (7), quando Érick enfrentará 108 km com altimetria acumulada de 3.719 metros.

“Será uma prova diferente do meu foco, o XCO, mas no sábado teremos um prólogo no Costão do Santinho e será mais parecido do que estou acostumado, com alta intensidade do Cross Country. No segundo dia a ideia é conseguir completar o percurso, porque será bem difícil. Não tanto pela quilometragem, mas sim pela altimetria com quase 4 mil metros. Vou fazer o máximo para me concentrar no meu objetivo, fazer uma boa alimentação e chegar bem nos quilômetros finais, para aí sim disputar posições”, avalia Bruske.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização