25 de maio de 2024

Polar adere ao Android com seu novo relógio multi-esportivo M600

Destinado a triatletas, ciclistas e corredores, novo monitor esportivo utiliza sensores especiais para monitorar a frequência cardíaca diretamente no pulso do atleta, sem a necessidade de cinta peitoral

Marca pioneira no desenvolvimento e produção de monitores esportivos, a Polar anunciou esta semana o lançamento de mais um modelo de relógio multi-esportivo, o primeiro do fabricante finlandês a utilizar o sistema operacional Android Wear.

Polar M600

Situado entre o modelo topo de linha V650 e o M400, o novo M600 utiliza um sensor especial de seis LEDs para medir a frequência cardíaca diretamente no pulso do atleta, dispensando assim as quase sempre desconfortáveis cintas peitorais.

Polar M600

Equipado com receptor de sinais de satélite GPS, o M600 permite monitorar com facilidade suas rotas de treino, sejam elas na bicicleta, na corrida ou durante a natação, através de sua tela colorida touch screen de 1,3 polegadas.

Para auxiliar nos treinamentos, o relógio possui a função Smart Coaching, que fornece informações como altimetria, velocidade, calorias consumidas, qualidade e monitoramento do sono, etc. O aplicativo permite ainda a sincronização com o Strava, através da conexão Polar Flow.

Polar M600

Graças ao seu sistema operacional Android Wear, é possível ainda customizar o M600 através da opção de download de mais de 4 mil aplicativos esportivos disponíveis no Google Play.

Caso o seu utilizador possua um smartphone, é possível sincronizá-lo com o M600, de forma a controlar o aplicativo de música diretamente do relógio, além de poder ler mensagens de texto e de redes sociais.

De acordo com o fabricante, a bateria do M600 possui autonomia para até 10 horas de uso contínuo com o GPS ativado, ou mais de dois dias de atividade com o receptor desligado.

O novo Polar M600 deverá ser disponibilizado nos próximos meses em lojas de todo o mundo com o preço sugerido de 349 dólares.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização