16 de junho de 2024

Complexo do Alemão terá o maior bike park da América Latina

O Bike Park do Alemão terá pistas para as práticas de Downhill, Freestyle e BMX, e será o maior da América Latina. As obras foram iniciadas na última sexta-feira, dia 31

Bike Park

Durante a ocupação militar do conjunto de favelas do Alemão, em 2010, uma imagem foi explorada de forma espetacular pela mídia: e de traficantes armados fugindo por uma pista de terra batida. É nessa área, conhecida como Pedra do Sapo, que começou a ser constrúido em 31 de janeiro o Bike Park do Alemão, um complexo de pistas para a prática das modalidades downhillfreestyle e BMX. O parque terá 4.500 m² de área construída, ao custo de R$ 3 milhões, e seguirá os padrões da União Ciclista Internacional.

A iniciativa faz parte de um projeto da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer e a Light, que vai reformar praças e espaços esportivos dentro de 14 comunidades com UPPs. O local do ‘bike park’ é a Pedra do Sapo, no Complexo do Alemão/RJ. O local onde o parque será construído ficou conhecido quando a polícia ocupou o conjunto de favelas, em 2010: por ali, bandidos armados fugiram dos policiais, em uma cena que correu mundo.

“A recuperação de espaços como este é importante para a autoestima dos moradores das comunidades. O esporte, de maneira geral, não tem preconceitos, não escolhe classe social e é uma grande forma de integração”, afirmou o secretário André Lazaroni sobre o projeto de R$ 3,5 milhões, que tem parceria com a Light.

Os ciclistas do Alemão estão ansiosos pela inauguração, prevista para 30 de março. “Aqui é um lugar muito alto, é complicado andar de bike. Ter uma pista como essa aqui no morro vai ser muito bom”, diz Isaías Cardoso, 18 anos. Mateus Ricardo, 18, sabe bem dessas dificuldades: “Aqui tem muito carro e as ruas são estreitas. Vai ser ótimo ter um lugar bacana para praticar.”

O projeto segue padrões da União Ciclista Internacional. “Ele terá uma estrutura equivalente aos maiores bike parks dos EUA na modalidade BMX”, elogia Claudio Santos, presidente da Federação de Ciclismo do Rio. Para o ciclista e morador da Grota Filipe Cândido, 24, o parque ajudará a propagar o esporte na região: “Não duvido que saiam grandes atletas daqui”.

Fontes: Blog De Bike e Brasil 247

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização