16 de julho de 2024
Soldagem de quadro de bicicleta
Foto: André Ramos / MTB Brasília

Produção de Bicicletas em Manaus cai 28,1% em relação ao mesmo período do ano passado

Para Abraciclo, redução da produção deve-se à estratégia de priorizar cada vez mais produtos de maior valor agregado em detrimento a modelos de valor mais baixo

Dois anos após o início da crise econômica mundial, os fabricantes brasileiros de bicicletas instalados no Polo Industrial de Manaus ainda seguem em crise. De acordo com o último relatório da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, foram produzidas 32.152 unidades no último mês de maio, valor 28,1% menor ao registrado no mesmo mês do ano passado e 5,9% inferior na comparação com abril deste ano.

No acumulado do ano, 152.532 bicicletas saíram das linhas de montagem, o que corresponde a uma retração de 30,4% na comparação com o mesmo período de 2023. De acordo com a Abraciclo, os números reduzidos devem-se principalmente a uma readequação na produção que prioriza a mudança no mercado que exige cada vez mais produtos de maior valor agregado da indústria, estando portanto de acordo com o planejado para 2024.

Produção por categoria – Entre as categorias de bicicletas produzidas, os modelos de Estrada e Infanto-juvenil foram as que registram o maior crescimento porcentual em maio. A primeira cresceu 47%, enquanto a outra teve alta de 36,2%. Em números absolutos, a liderança é da Mountain Bike (MTB).

Confira o ranking mensal e os comparativos com o mês e ano anteriores:

Produção de bicicletas no PIM

Categoria Maio/23 Abril/24 Maio/24 Comparativo 
A % B % C % C/A C/B
MTB 26.025 58,2% 17.110 50,1% 16.476 51,2% -36,7% -3,7%
Urbana/Lazer 12.247 27,4% 6.276 18,4% 7.434 23,1% -39,3% 18,5%
Elétrica 1.123 2,5% 2.461 7,2% 903 2,8% -19,6% -63,3%
Estrada 881 2,0% 1.131 3,3% 1.295 4,0% 47,0% 14,5%
Infanto-juvenil 4.437 9,9% 7.174 21,0% 6.044 18,8% 36,2% -15,8%
Total 44.713 100,0% 34.152 100,0% 32.152 100,0% -28,1% -5,9%

Fonte: Associadas Abraciclo

De janeiro a maio, as três categorias mais produzidas foram a MTB (87.046 unidades e 57,1% do volume total produzido), Urbana/Lazer (32.631 bicicletas e 21,4%) e Infanto-juvenil (20.563 unidades e 13,5%).

Distribuição por região – Em maio, a região Sudeste recebeu 50,6% do volume total de bicicletas produzidas no PIM. Em segundo lugar, ficou o Nordeste com 16,1% da produção, seguido pelo Sul (15,6%). Na sequência vieram o Centro-Oeste (9,6% da fabricação) e Norte (8,1%).

As posições foram mantidas no ranking do acumulado do ano: Sudeste (56,1% do total produzido), Nordeste (14,5%), Sul (14,3%), Centro-Oeste (8,2%) e Norte (6,8%).

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização