22 de maio de 2024
Copa do Mundo
Largada da Elite Masculina no Short Track - Foto: Alemão Silva / CIMTB

Haley Batten e Victor Koretzky vencem o XCC da etapa de Araxá da Copa do Mundo de MTB

Prova de Short Track da categoria Elite marcou o segundo dia de disputa da edição 2024 da Copa do Mundo de MTB em Araxá 

A segunda etapa de 2024 da Whoop UCI Mountain Bike World Series segue no Brasil, na cidade de Araxá-MG, na prova que marcou a 40ª disputa de Short Track (XCC) em uma Copa do Mundo. Em um percurso emocionante e variado neste sábado (20/04), os atletas deram um show, com uma exibição variada de saltos nos mais diversos estilos, além de múltiplos ataques em velocidade.

Copa do Mundo
Prova feminina da Elite no Short Track – Foto: Ultrafotos / CIMTB

Disputa feminina – O Short Track da Elite Feminina viu a italiana Chiara Teocchi (Orbea Factory Team) e a suíça Jolanda Neff (Trek Factory Racing-Pirelli) acelerarem pela liderança na volta de abertura – antes que a norte-americana Haley Batten pudesse mostrar tudo o que queria na prova, logo após seu forte desempenho na etapa da semana passada, em Mairiporã.

Na primeira volta, a suíça Alessandra Keller (Thömus Maxon), a britânica Evie Richards (Trek Factory Racing Pirelli) e a sueca Jenny Rissveds (Team 31 Ibis Cycles Continental) se mantiveram na dianteira da corrida, mas o outro grupo se juntou a elas no fim da segunda volta. Keller estava determinado a continuar a corrida e chegar à frente mais uma vez, mas um ataque oportuno da norte-americana Savilia Blunk (Decathlon Ford Racing Team), na parte mais íngreme do percurso, fez com que a liderança mudasse de mãos mais uma vez.

A importância de estar bem posicionada antes da subida não pode ser subestimada – o que ficou ainda mais evidente na volta 4: Batten, Richards e Keller rodaram ombro a ombro para decidir quem entraria na frente no uphill. Batten e Richards saíram na frente, com Keller caindo e segurando Rissveds e muito mais. O acidente favoreceu a suíça Linda Indergand e a norte-americana Kate Courtney (Scott Sram MTB Racing Team): as duas aproveitaram o caos para se aproximarem de Batten e Richards, com esta última assumindo a liderança pela primeira vez na corrida.

O quarteto teve uma pequena vantagem ao avançar para a última volta, mas as coisas mudariam novamente quando Batten fez o ataque definitivo pegando as outras de surpresa. Com Batten voando para a liderança, Indergand ultrapassou Richards na subida para passar para o segundo lugar.

Batten cruzou a linha para conquistar sua primeira vitória na temporada, quatro segundos à frente de Indergand. Blunk ultrapassou Keller para garantir o terceiro lugar, com Richards sofrendo uma queda pouco antes da linha de chegada e chegando apenas em nono.

Após a corrida, Batten passa para a liderança da classificação geral, com Richards em segundo e Keller em terceiro.

“Esse percurso foi realmente complicado. Me posicionar bem foi muito importante, mas foi muito difícil de executar porque todas estavam muito juntas durante toda a corrida. Mas me senti muito forte e tentei ser inteligente em relação ao meu esforço e à volta final. Aquela última volta eu sabia que era crucial e é para isso que treino: treino para vencer e depois é só executar quando chega a hora das corridas”, comentou a campeã da etapa logo após a corrida.

Masculino – Foi mais uma batalha rápida e furiosa nas icônicas trilhas de Araxá. Um grupo grande de competidores brigou forte na Elite masculina do Short Track da Copa do Mundo UCI. O chileno Martín Vidaurre (Specialized Factory Racing), que desempenhou um papel importante na corrida da semana passada, liderou o grupo na frente do grupo, mas foi o britânico Charlie Aldridge (Cannondale Factory Racing) quem mostrou uma explosão de potência no start loop para assumir a liderança na primeira volta.

Seu ritmo feroz significava que ele estava na posição perfeita para o grande objetivo inicial: estar à frente na primeira seção de subida íngreme. Assim que Aldridge abriu uma pequena vantagem, o susto. O britânico sofreu uma queda e perdeu a liderança. Cerca de 16 pilotos o ultrapassaram, liderados por Jordan Sarrou (Team BMC).

Logo atrás dos líderes, o vencedor da semana passada, o neozelandês campeão mundial de XCC Sam Gaze (AlpecinDeceuninck), espreitava ameaçadoramente, junto com o nove vezes campeão da Copa do Mundo, o suíço Nino Schurter (Scott-Sram MTB Racing Team). Schurter teve um início de temporada conturbado, ao cair na prova de Cross-Country Olímpico (XCO) no último domingo, em Mairiporã.

No entanto, foram o dinamarquês Simon Andreassen (Cannondale Factory Racing) e o francês Victor Koretzky que pareciam mais energizados na segunda volta, ambos aproveitando a subida para assumir a liderança.

Na segunda volta, porém, um grande grupo se reuniu novamente e foi o vice-campeão da semana passada, o alemão Luca Schwarzbauer (Canyon CLLCTV XCO), que assumiu o controle, liderando a prova por um bom tempo.

A caminho da penúltima volta, Koretzky e Sarrou pareciam prontos para atacar, mas foi o vencedor do XCO em Mairiporã, o norte-americano Christopher Blevins (Specialized Factory Racing), quem atacou, surpreendendo seu companheiro de equipe Koretzky e os demais – novamente na subida, que pareceu ser o diferencial da etapa mineira.

Enquanto Sarrou assumiu brevemente a liderança acelerando o ritmo, foi a dupla Specialized quem finalmente acabou com Schwarzbauer, ao rebater quase simultaneamente para assumir o controle da corrida.

Na última subida, Blevins avançou, com seu companheiro de equipe Koretzky na perseguição, e uma lacuna considerável se abriu para o resto do campo.

Os dois companheiros de equipe lutaram pela vitória frente a frente e, chegando à reta final, Koretzky atacou. Assim, o francês rumou para sua primeira vitória na temporada de 2024. Blevins ficou em segundo lugar, com o sul-africano Alan Hatherly (Cannondale Factory Racing) em terceiro.

Com essa vitória, Koretzky passa para a liderança da classificação geral, com Gaze em segundo e Schwarzbauer em terceiro após duas etapas.

“Estava a todo vapor até a linha de chegada. Chris estava super forte e fez um trabalho incrível na volta final. Estamos felizes por ambos estarmos no pódio, é incrível para a equipe Specialized novamente. A Haley venceu entre as meninas, eu ganhei nos homens, o Chris ficou em segundo… É super legal, e o clima aqui no Brasil é incrível. Nós gostamos muito, mal posso esperar para amanhã”, comentou o francês.

“Victor foi inteligente, ele me preparou perfeitamente para aquela escalada. Passei por ele ali, olhei para trás… e ele é igual uma barata, não morre. Há tantos momentos em que ele fica dez metros atrás e aí ele vai diminuindo a distância”, explicou o vice-campeão Blevins.

XCO – Neste domingo (21), as duas principais categorias do evento acontecem em Araxá – com a disputa da modalidade mais nobre do mountain bike, o Cross Country olímpico.

A Elite Feminina larga às 13h15, enquanto que a Elite Masculina acontece em seguida, às 15h30. As duas disputas serão transmitidas no YouTube da TNT Sports Brasil.

Resultados

XCC - Elite Feminina

# Atleta País Equipe Tempo Diferença
1 Haley Batten Estados Unidos Specialized Factory Racing 22:01 00:00
2 Linda Indergand Suíça Liv Factory Racing 22:05 +0:04
3 Savilia Blunk Estados Unidos Decathlon-Ford Racing Team 22:07 +0:06
4 Alessandra Keller Suíça Thömus Maxon 22:07 +0:06
5 Jennifer Jackson Canadá Liv Factory Racing 22:12 +0:11

XCC - Elite Masculina

# Atleta País Equipe Tempo Diferença
1 Victor Koretzky França Specialized Factory Racing 19:26 00:00
2 Christopher Blevins Estados Unidos Specialized Factory Racing  19:29 +0:03
3 Alan Hatherly África do Sul Cannondale Factory Racing 19:30 +0:04
4 Jordan Sarrou França Team BMC 19:31 +0:05
5 Luca Schwarzbauer Alemanha Canyon CLLCTV XCO 19:31 +0:05
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização