19 de junho de 2024
Soldagem de quadro de bicicleta
Foto: André Ramos / MTB Brasília

Indústria de bicicletas no Brasil registra 42 mil unidades produzidas em agosto

Nível de produção no Polo de Manaus fica bem próximo do registrado no mês de julho, mas ainda inferior se comparado ao mesmo período do ano passado

Os fabricantes de bicicletas instaladas no PIM (Polo Industrial de Manaus) produziram 42.780 unidades em agosto deste ano. De acordo com levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), houve retração 21,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado (54.644 bicicletas). Em relação a julho (43.118 unidades) o volume produzido em agosto ficou bem próximo.

No acumulado do ano foram produzidas 346.663 bicicletas, volume 19% inferior ao registrado no mesmo período de 2022 (428.168 unidades).

Abraciclo
Linha de montagem da Sense Bikes, em Manaus – Foto: André Ramos – MTB Brasília

A estimativa da Abraciclo é que em 2023 sejam fabricadas 510.000 bicicletas, volume 14,9% menor às 599.044 unidades que saíram das linhas de montagem em 2022.

Produção por categoria – Com 20.565 unidades e 48,1% do volume total produzido, a Mountain Bike (MTB) foi a categoria mais fabricada em agosto. Em segundo lugar, ficou a Urbana/Lazer (14.231 bicicletas e 33,3% da produção), seguida pela Infantojuvenil (5.362 unidades e 12,5%).

Confira os volumes de produção registrados em agosto e os comparativos com o mês e ano anteriores:

 Produção de bicicletas no PIM

Agosto/22 Julho/23 Agosto/23    
Categoria A % B % C % C/A C/B
MTB 33.002 60,4% 25.379 58,9% 20.565 48,1% -37,7% -19,0%
Urbana/Lazer 15.223 27,9% 5.967 13,8% 14.231 33,3% -6,5% 138,5%
Elétrica 638 1,2% 1.050 2,4% 2.254 5,3% 253,3% 114,7%
Estrada 1.874 3,4% 660 1,5% 368 0,9% -80,4% -44,2%
Infanto-juvenil 3.907 7,1% 10.062 23,3% 5.362 12,5% 37,2% -46,7%
TOTAL 54.644 100,0% 43.118 100,0% 42.780 100,0% -21,7% -0,8%

Fonte: Associadas Abraciclo

As posições foram mantidas no ranking do acumulado do ano: MTB (207.443 bicicletas e 59,8% da produção), Urbana/Lazer (83.013 unidades e 23,9%) e Infanto-juvenil (39.425 bicicletas e 11,4%).

Distribuição por região – Em agosto, a região Sudeste foi a que mais recebeu bicicletas produzidas no PIM. No total, foram enviadas 23.147 unidades, o que representa 54,1% do volume produzido. O segundo lugar ficou com a região Nordeste, que recebeu 6.726 bicicletas (15,7% da produção). Na sequência, vieram as regiões Sul (6.280 unidades e 14,7% do total produzido), Centro-Oeste (4.479 bicicletas e 10,5%) e Norte (2.148 unidades e 5,0%).

O Sudeste também lidera o ranking do acumulado do ano, com 196.865 bicicletas recebidas e 56,8% do total produzido. Em segundo lugar, veio a região Sul (61.549 unidades e 17,8% do volume fabricado), seguida pelo Nordeste (40.472 bicicletas e 11,7%), Centro-Oeste (29.310 unidades e 8,5%) e Norte (18.467 unidades e 5,3%).

Linha de montagem da OX (Oggi), no Polo Industrial de Manaus (PIM) - Foto: André Ramos / MTB Brasília
Linha de montagem da OX (Oggi), no Polo Industrial de Manaus (PIM) – Foto: André Ramos / MTB Brasília

Exportações – Em agosto, foram exportadas 600 bicicletas, retração de 79,6% na comparação com o mesmo mês do ano passado (2.939 unidades) e de 80,9% em relação a julho (3.142 unidades).

Segundo dados do portal Comex Stat, que apura os embarques totais de cada mês, analisados pela Abraciclo, o Uruguai foi o principal destino, recebendo 594 bicicletas.

No acumulado do ano, as exportações somaram 10.246 unidades, retração de 38,6% na comparação com o mesmo período de 2022 (16.697 bicicletas).

De acordo com levantamento do portal Comex Stat, analisados pela Abraciclo, os países do Mercosul foram os principais parceiros comerciais: Paraguai (5.259 unidades e 51,3% do total exportado), Uruguai (2.328 bicicletas e 22,7%) e Bolívia (1.488 unidades e 14,5%).

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização