17 de junho de 2024
Filme
Filme Truth and Dignity - Foto: Divulgação

Do MTB ao ciclismo de estrada, confira os 12 filmes de bike do Rocky Spirit

Maior festival de documentários sobre esportes, meio ambiente e aventura do Brasil exibirá total de 30 filmes no Parque Villa-Lobos, em São Paulo, com entrada grátis

O dia 10 de março de 2013 mudou a vida do ciclista David Santos e, por consequência, afetou a maior cidade da América Latina. Nesse dia ocorreu o acidente que lhe custou um braço, um evento trágico e que se tornou uma das razões para a ampliação de ciclovias em São Paulo. Essa história é o tema do documentário “10/03”, um dos 30 filmes que integram a programação do Rocky Spirit neste sábado (16) e domingo (17), no Parque Villa-Lobos, na capital paulista, com entrada grátis.

Filme
Público acompanha os filmes na 12a. edição – Foto: Wladimir Togumi / Rocky Mountain

O maior festival de documentários sobre vida outdoor, meio ambiente e aventura não apenas vai exibir o filme sobre a história de David no sábado (16), mas também contar com a presença do ciclista, que luta por recursos para seguir com o projeto de representar o Brasil na Paralimpíada de Paris/2024. “10/03” é um dos filmes ambientados no universo da bicicleta na programação do Rocky Spirit 2023, que além da versão paulistana, também desembarcará no Rio de Janeiro nos dias 23 e 24, na Praia de Ipanema.

Confira os documentários sobre bike do Rocky Spirit 2023:

Truth and Dignity – EUA – Em 24 de julho, Erick Cedeno, também conhecido como Bicycle Nomad, cruzou a fronteira para St. Louis, Missouri, após passar 41 dias no selim: a jornada de 3.200 km nascida do compromisso de trazer verdade e dignidade a uma parte muitas vezes esquecida da história. A viagem de Erick serve não apenas como um convite para conhecer a história, mas também como uma forma de prestar homenagem ao Buffalo Soldiers’ 25th Infantry Bicycle Corps, revivendo sua história.

The Debora Effect – Canadá – Depois de um TCE (Traumatismo Cranioencefálico) que mudou sua vida há sete anos, a entusiasta do mountain bike Debora DeNapoli nunca mais seria a mesma. Buscando uma cura profunda no único lugar onde foi alertada para não voltar – as trilhas -, descobriu que subir em sua bicicleta e estar na natureza era fundamental para lidar com seus sintomas mais debilitantes e cuidar da sua saúde mental. Agora ela leva sua energia contagiante para cada pedalada e pessoa com quem interage.

Riding The Rails – EUA – Paixões pessoais e profissionais se combinam neste curta para criar uma nova maneira de explorar a natureza. A Smartwool apresenta um curta-metragem sobre a determinação de um homem, o amor de sua família pela natureza e como suas bicicletas prontas para as trilhas lhes permitem acessar os lugares mais isolados nas regiões nordeste dos Estados Unidos.

Ride – Austrália – É o poder humano de girar os pés repetidamente em um movimento flexível e o ritmo do corpo se movendo de lado a lado em sincronia com a bicicleta que encanta Ian. Quando ele não está pedalando, está consertando bicicletas. O filme trata do Bike Revive Tumut, que está prestes a se tornar uma instituição local, um legado onde as pessoas se conectam por um amor compartilhado pelas bicicletas. Um lugar para todos os tipos de ciclismo, seja mountain bike, de estrada, em estradas de cascalho, com bagagem ou elétrico.

Georgia Astle: Flip The Switch – Canadá – A ciclista de montanha Georgia Astle explora o que ocorre quando você consegue silenciar seus pensamentos e usar a razão para alcançar grandes feitos sobre duas rodas.

Bread Bike – EUA – A Bread Bike Bakery é composta por Sam, Matt e Mariah, três jovens na costa central da Califórnia que se sentiram insatisfeitos com o que estudaram na faculdade. Apaixonados pela massa de pão e por fazer comida para outras pessoas, eles transformaram o hobby obsessivo em profissão. Agora a turma do Bread Bike está produzindo a sua comida deliciosa, promovendo produtos locais saudáveis e se divertindo ao mesmo tempo.

Filme
Gold Standard – Foto: Divulgação

Gold Standard – EUA – Existem coisas nas quais sempre podemos confiar no Noroeste do Pacífico. O sol vai nascer e se pôr todos os dias (mesmo que não possamos vê-lo), o clima será previsivelmente imprevisível e quando Bryn Atkinson se envolve em um projeto, vai ser incrível. A escolha da trilha. A equipe. As filmagens. O ajuste perfeito da bicicleta. A pilotagem, o estilo e a velocidade que deixam você de queixo caído. Contemple o novo Padrão Ouro, forjado pela imaginação de Bryn.

How We Roll – EUA- Bem-vindo ao lugar onde tudo começou. Onde as amizades são forjadas com lama e travessuras e o bom livro da vida é escrito na base dos sustos e desafios duplos. Neste jogo de radicalidade e de nunca crescer, não importa se temos dez ou 102 anos, nossas máquinas de duas rodas têm uma maneira de nos colocar exatamente onde precisamos estar; um passo à frente dos problemas, entre ser descolado e levar um tombo. É assim que nós rolamos.

Filme
Out in Front – Foto: Divulgação

Out The Front – EUA/Alemanha – Prepare-se para uma jornada emocionante aos bastidores do aguardado retorno do Tour de France feminino em 2022. O filme leva você a uma emocionante montanha-russa de bravura, conexão e exaltação de adrenalina. Com narração de Emily Chappell, o filme traz ex-competidoras profissionais tecendo uma narrativa instigante sobre ciclistas que têm a força e a coragem de romper com a convenção e mostrando à geração mais jovem de mulheres que há um lugar para elas no ciclismo.

Art of Grind – Inglaterra – Desde a década de 1800, as bicicletas têm sido uma ferramenta libertadora e poderosa, começando com as primeiras pedaladas vacilantes de uma criança que ousa se aventurar um pouco mais longe de casa. No entanto, em algum lugar de nossa trajetória cultural, muitos de nós esquecemos o poder dessa máquina simples e tão eficiente para unir pessoas. Este nos lembra que, independentemente de como escolhemos nos envolver com o mundo em constante mudança do ciclismo, há mais coisas que nos unem do que nos separam.

Filme
Benched – Foto: Divulgação

Benched – Canadá – Sonya Looney é uma ciclista profissional de mountain bike e mãe de primeira viagem que enfrenta a política corporativa e as normas sociais. Poderíamos supor que atualmente as atletas femininas não precisariam esconder suas jornadas de gravidez, mas o medo de perder patrocínios, a incapacidade de manter resultados e classificações, e a pressão social estão em jogo. Em Benched, navegamos na vida desta atleta profissional e agora como mãe, que compartilha sua jornada com vulnerabilidade e coragem.

10/03: A História de David – Brasil – “10/03” é um documentário sobre o ciclista David Santos, atropelado na Av. Paulista em 2013. No acidente, David perdeu o braço e o evento se tornou uma das principais razões para a abertura de ciclovias na cidade de São Paulo. Seu braço foi jogado em um rio pelo motorista e nunca foi encontrado. Agora David treina para a Paralimpíada de Paris, 2024.

A lista completa dos filmes está no site oficial do evento ou diretamente no link: Filmes – Rocky Spirit.

Além dos filmes, aulas, oficinas e shows – As exibições começam às 19h, mas a largada da programação do Rocky Spirit é a partir das 13h. São atividades e oficinas para adultos e crianças, como aulas de slackline e yoga (patrocinada pela Centauro), recreação infantil, entre outras. Antes do telão iluminar a noite, às 17h30 começam os shows. No sábado, o coletivo musical Grooveria sobe ao palco para tocar versões dançantes de clássicos da MPB. No domingo é a vez do cantor, compositor e ator João Sabiá colocar os paulistanos para dançar.

Confira a programação completa

  • 13h às 15h – Aula de Slackline
  • 15h – Oficina Risada & Movimento by La Class Excêntricos
  • 16h – Aula de ioga by Centauro
  • 17h30 – Shows (Sábado 16/09 – Grooveria) e (Domingo 17/09 – João Sabiá)
  • 19h – Filmes
  • 22h – Encerramento

Festival digital – Além das edições presenciais em São Paulo e Rio de Janeiro, que será nos dias 23 e 24 de setembro na Praia de Ipanema, o Rocky Spirit tem também versão on-line. O público poderá assistir aos documentários entre 25 de setembro e 8 de outubro no site oficial do evento, e escolher seus favoritos. Assim como no festival presencial, a versão digital também é grátis.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização