17 de junho de 2024
André Grizante
André Grizante em ação - Foto: Juan Benavent / CBC

Brasil conquista três medalhas na Copa do Mundo de Paraciclismo

Etapa de Maniago, na Itália, abriu o calendário de competições da Copa do Mundo 2023

O ciclista brasileiro Lauro Chaman, mais uma vez marcou presença do pódio, conquistando a medalha de prata, após brigar pela vitória até os metros finais na prova de resistência da etapa inicial da Copa do Mundo de Paraciclismo, que foi realizada na cidade de Maniago, na Itália.

Paraciclismo
André Grizante e Lauro Chaman – Foto: Juan Benavent / CBC

Na MC4, André Grizante também fez história e conquistou sua primeira medalha em copas do mundo ao terminar na terceira colocação em uma disputa emocionante no sprint final. O Brasil ainda chegou muito perto do bronze na MC1, com Carlos Soares, quarto colocado na categoria.

“Eu só tenho gratidão por tudo que aconteceu na minha vida, tudo que poderia ser o pior acabou se transformando na melhor parte, trazendo de volta a vontade de voltar a vencer como atleta de alto rendimento. Agradeço imensamente o apoio incondicional da minha família, e o trabalho incrível que a CBC e o CPB realizam no nosso esporte, muito obrigado pela oportunidade”, destacou Grizante.

Lauro Chaman
Lauro Chaman – Foto: Juan Benavent / CBC

Já entre as Handbikes, Gilmara do Sol retornou ao pódio com mais um bronze na categoria WH2. Jady Malavazzi, que compete na Handbike WH3, conquistou a sexta colocação.

Após a participação na Itália, os atletas seguem para a Bélgica, onde utilizarão o International Paracycling Ronde (UCI/C1), no dia 30 de Abril, como preparação e, logo em seguida, competem na segunda etapa da Copa do Mundo, entre os dias 1° e 7 de maio.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização