15 de julho de 2024
MTB Festival
Foto: Divulgação / MTB Festival

Inscrições abertas para o MTB Festival 2023

Evento reúne ciclistas de todas as idades, profissionais e amadores, e traz show do Ira! na confraternização final

Estão abertas as inscrições para o MTB Festival, prova de mountain bike, que acontece entre os dias 12 e 15 de outubro de 2023, em Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo. Com a chancela da UCI, a prova distribui pontos para o ranking mundial.

O evento receberá alguns dos maiores atletas de ciclismo do mundo nas categorias XCO (Cross-Country Olímpico), XCC (Cross-Country Short Track) e XCM (trip trail ou maratona), mas também é aberto para atletas amadores e para crianças, que podem curtir o momento em família nas categorias Mini (até 6 anos), Mirim (de 6 a 8 anos) e Infantil (de 9 a 11 anos).

MTB Festival
Foto: Divulgação / MTB Festival

Nesta edição, o encerramento do festival ganha um show imperdível do Ira!, que vai tocar seus grandes sucessos no domingo (15), a partir das 16h. Nesse dia, os portões irão fechar às 14h.

O palco do evento é a Arena iMTB, espaço que foi inaugurado recentemente e que funciona como um centro de treinamento e entretenimento para os apaixonados pela bicicleta. O local, que é aberto ao público, ocupa uma área de mais de 1.2 milhões de metros quadrados e abriga 12 pistas com obstáculos para todos os níveis. Até o fim do ano, serão 16 pistas.

A Arena oferece trilhas para iniciantes, com distância a partir de 1.500m a 2.000m, altimetria de 37m e nenhum obstáculo. Mas também há pistas como a Alienígena, com distância de 5.213m, altimetria de 196m e oito obstáculos, incluindo pontes e escadarias.

MTB Festival
Foto: Divulgação / MTB Festival

Para quem quiser participar, as inscrições já podem ser feitas através do site oficial da prova. Conheça as modalidades:

XCO – Cross-Country Olímpico – O percurso é de aproximadamente 4 a 10 quilômetros de extensão e que duram entre 1 hora e 30 minutos para a categoria Elite e 1 hora e 15 para as demais, o que dá aproximadamente 5 a 7 voltas, dependendo da idade e da categoria.

O objetivo dos competidores de Cross-Country Olímpico é percorrer o percurso no menor tempo possível, disputando curva a curva as posições, geralmente em terrenos com várias descidas e subidas técnicas, trilhas, caminhos rochosos e obstáculos, o que requer muita agilidade, força e resistência.

Geralmente, as pistas de XCO são difíceis, tanto que no local de prova não pode haver estradas pavimentadas que excedam 15% do total do percurso.

O brasileiro Henrique Avancini é uma das principais referências mundiais na modalidade.

XCC – Cross-Country Short Track – É a etapa que definirá o grid de largada do XCO. Desta forma, se os ciclistas almejam disputar o XCO, necessariamente precisam passar pelo XCC e ter boas posições.

Assim como no XCO, o cross-country short track é uma prova disputada no mundo todo em um percurso fechado, um pouco menor, de 1 a 1,5 quilômetro de extensão e são disputadas em aproximadamente 6 a 8 voltas. Nesta modalidade preparatória ao XCO, os ciclistas largam juntos e alinhados em oito pilotos em cada sequência.

Por outro lado, existem disputas isoladas de XCC, especialmente nos campeonatos mundiais ou nacionais, sendo que o escopo, ao invés de servir de classificatório ao XCO, trata-se de uma disputa isolada pelo campeonato de XCC, para ser declarado mundial ou nacional.

Não obstante, trata-se de uma competição mais curta. O XCC também traz desafios nos seus circuitos, exigindo bastante agilidade, esforço físico e resistência.

O XCC é uma prova mais rápida, dinâmica, explorando mais a velocidade e fugas de pelotão, sempre tentando se manter em uma boa posição. Os circuitos são menores e o tempo de prova é mais curto.

No XCC, Henrique Avancini também é referência e multi-campeão.

XCM – Trip trail ou Maratona – Na categoria XCM, os terrenos são uma mescla de terra, trilhas e asfalto. Isso torna o desafio ainda mais emocionante, com trechos diversos durante as pedaladas.

É importante saber que as maratonas do Mountain Bike XCM variam entre 20 e 40 quilômetros. Portanto, para participar do XCM, é preciso ter boa resistência física e compreensão de que serão longos percursos em pedaladas em ritmo intenso.

É válido se informar sobre essa modalidade, pois o ciclista deve estar equipado para aguentar a maratona. Bolsas de hidratação, câmara de ar e água são alguns dos itens indispensáveis.

No XCM, o ciclista encara a longa distância como a maior dificuldade. Por ter que percorrê-la de uma única vez, não possui tempo suficiente para avaliar as condições do terreno.

Outro ponto a ser observado é que como o XCM possui uma prova mais demorada, exige mais rendimento do ciclista e também mais cuidado, já que ele terá que carregar os próprios suprimentos de suporte.

MTB Festival

  • Quando: 12 a 15/10 (Fechamento com show da banda Ira!)
  • Horário: A partir das 7h
  • Local: iMTB – Av. Dr. Thomaz Rodrigues da Cruz Mairiporã – SP
  • Como chegar
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização