15 de julho de 2024
Hugo Prado Neto
Hugo Prado Neto - Foto: Bruno Sebastião

UCI Gran Fondo Brasil atrai ciclistas brasileiros de renome

Mineiro vice-campeão mundial de MTB Marathon Master em 2021, Hugo Prado Neto destaca a importância da prova em Pomerode (SC) ser seletiva para o Mundial de 2024

A UCI Gran Fondo Brasil, etapa brasileira do calendário UCI Gran Fondo Series que será disputada no dia 5 de novembro, em Pomerode, no Vale Europeu, em Santa Catarina, já está na programação de campeões como o mineiro Hugo Prado Neto, de 44 anos.

“O fato de ser uma etapa classificatória para o Mundial já eleva o status da prova e dos atletas que vão disputar, que devem chegar no topo da forma. Eu estou ansioso, o Brasil merecia um evento como esse”, afirma Prado Neto, que conquistou o vice-campeonato mundial de MTB Marathon em 2021 na categoria Master.

O atleta destaca a importância da prova UCI Gran Fondo Brasil ser a única seletiva sul-americana para o Mundial de 2024 – o UCI Gran Fondo World Championships será em Aalborg, na Dinamarca. “Eu treino a sério e meus objetivos são os campeonatos mundiais. É um grande apelo tentar ser o melhor do mundo”, destaca.

Depois de estrear na Elite aos 18 anos, o mineiro decidiu, em 2019, aos 41 anos, deixar o pelotão profissional e passou a se dedicar a provas na categoria Master, como a ultramaratona Brasil Ride, onde é bicampeão com o parceiro João Paulo Firmino. “Nesta temporada vou terminar o ano na UCI Gran Fondo Brasil. Já corri muito por lá, principalmente em Pomerode. Como ainda está distante no calendário é possível se organizar bem para treinar”, conta.

Hugo Prado Neto
Hugo Prado Neto – Foto: Bruno Sebastião

Além do mountain bike, o mineiro também disputou muitas provas de estrada e o gosto pelo granfondo só aumentou quando os resultados vieram, como duas vitórias no L’Étape Brasil. “Eu já corri ciclismo de estrada, gostava de andar escapado, era da equipe DataRo Blumenau e fui a ao Tour de Santa Catarina, o Tour de France do Brasil, que era muito respeitado e por onde a gente passava as pessoas conheciam o esporte, as cidades se enfeitavam, era especial”, lembra o atleta, que também disputou provas nos Estados Unidos entre os anos de 1999 a 2001, quando cursou Ciência dos Esportes e do Exercício na Universidade da Flórida (EUA).

Inscrições abertas – O primeiro lote de inscrições para a prova UCI Gran Fondo Brasil tem preço promocional até o dia 30 de abril. A inscrição deve ser feita diretamente no site oficial do evento.

A inscrição dá direito a um kit com a jersey e meia de ciclismo oficiais do evento, brindes do evento e patrocinadores, medalha Finisher da UCI, acesso gratuito ao álbum de fotos no site oficial do evento, número frontal e dorsal personalizado com nome e nacionalidade (para inscrição validada até dia 01/09/23), abastecimentos líquidos e sólidos no decorrer do evento, reforço líquido com bebida de recuperação após a prova, Pasta Recovery (lanche-alimentação), seguro de acidentes pessoais, atendimento de primeiros-socorros, assistência médica e mecânica, diploma de finisher digital, chip eletrônico e Racebook digital.

Podem participar da prova ciclistas amadores e profissionais (elite desde que não estejam na disputa por pontos olímpicos e equipes ProTour) de 19 a 79 anos, que serão divididos em faixas de idade de cinco em cinco anos conforme o regulamento mundial “Age Group” da UCI.

Serão qualificados os ciclistas de cada faixa etária do percurso Gran Fondo que completarem a prova em até 25% do tempo do primeiro colocado da sua categoria de idade e terão direito à disputa do campeonato mundial da temporada 2024. Os três primeiros colocados de cada categoria recebem a medalha de pódio oferecida pela própria UCI. São esperados 2 mil ciclistas de vários países. Grupos de ciclistas de países vizinhos já estão confirmados, em especial da Argentina e do Uruguai.

A UCI Gran Fondo Brasil é organizada pela Riders&CorreBrasil, com realização pela AACESC (Associação de Apoio a Cultura e Esporte de Santa Catarina), empresas catarinenses com mais de 15 anos de experiência em grandes eventos esportivos no Estado de Santa Catarina, incluindo sete edições da Riders Stage Race.

Circuitos – Serão dois percursos, o Gran Fondo com 140km e 1.500m de altimetria acumulada, e o Medio Fondo, com 80km e 500 metros de altimetria acumulada. O percurso da prova será fechado ao trânsito de veículos. O percurso é o mesmo da antiga “Copa Hans Fischer”. Fischer foi um ciclista olímpico natural de Pomerode que disputou os Jogos Olímpicos de Moscou e de Los Angeles. Depois de sua morte, em 1988, foi criada a Copa Hans Fischer em sua homenagem.

“Resgatamos um antigo percurso da Copa Hans Fischer, que faleceu prematuramente em 1988 aos 26 anos de idade e foi considerado um fenômenos em seu tempo”, explica o organizador Juliano Salvadori.

Atrações de Pomerode – A largada será às 8 horas do Pavilhão de Exposições de Pomerode. No local, haverá uma feira com expositores do setor durante o final de semana do Gran Fondo Pomerode Circuito Vale Europeu.

Considerada a cidade mais alemã do Brasil, Pomerode (www.pomerode.sc.gov.br) oferece muitas atrações turísticas, com destaque para a gastronomia regional e para a arquitetura alemã preservada. O percurso vai passar pela Rota Enxaimel, com rua de calçamento autêntico de pavés e imóveis no famoso estilo alemão.

“No dia da prova haverá na arena uma mini edição da tradicional Festa Pomerana, uma festa cultural alemã nos moldes da Oktoberfest, com bandas tradicionais, danças e comidas típicas”, conta Salvadori.

Como chegar – A cidade de Pomerode fica a 30km de Blumenau, com fácil acesso por rodovias e linhas de ônibus de longo percurso. A rede hoteleira da cidade oferece mais de 1.500 leitos, a maioria em pousadas tradicionais. Outra opção de hospedagem é a cidade vizinha de Timbó, com ótimas opções de hospedagem.

Para chegar em avião, o aeroporto mais próximo é o aeroporto internacional de Navegantes, em Itajaí/Balneário Camboriú. Para quem vem de ônibus, o ideal é viajar até Blumenau, que está a poucos minutos do centro de Pomerode e tem linha regular de ônibus interurbano para Pomerode.

Por rodovia, Pomerode fica a 600km de São Paulo (SP) e 600km de Porto Alegre (RS). São menos de 200km até Curitiba (PR), com estradas quase na totalidade duplicadas e seguras.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização