19 de julho de 2024
Pedal Cidadão
Jonatas da Costa, 31 anos, recebeu apoio no Centro Pop e participa do Pedal Cidadão, que já certificou cerca de 40 pessoas em mecânica profissional de bicicleta - Foto: Ádamo Dan / Sedes

Taguatinga recebe 5ª edição do Pedal Cidadão

Projeto da Secretaria de Desenvolvimento Social, aberto a toda a comunidade do Distrito Federal, visa a inserção social e profissional de pessoas em situação de rua

Taguatinga recebe neste sábado (10) a quinta edição do Pedal Cidadão. O passeio ciclístico começa na Administração do Taguaparque, em Taguatinga, a partir das 8h30 e segue até o Centro Pop da região, na Área Especial 2 da QNF 24. A atividade é aberta a toda a comunidade do Distrito Federal. Idealizado pela equipe Centro Pop de Taguatinga, o projeto tem o objetivo de reinserir socialmente e profissionalmente pessoas em situação de rua.

“Ao longo do ano, fazemos oficinas de mecânica de bicicleta com os frequentadores da nossa unidade. A ideia é capacitá-los para uma profissão para que eles possam voltar ao mercado de trabalho. Esse passeio ciclístico é a culminância desse trabalho”, explica o agente social Wendel Viana, idealizador do Pedal Cidadão.

Geralmente, o evento ocorre nas proximidades de 19 de agosto, quando é lembrado o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua. “Mudamos a data, por questões de saúde pessoal, mas não deixaremos de realizar”, lembra Wendel.

O Pedal Cidadão existe há mais de cinco anos, já certificou cerca de 40 pessoas em mecânica profissional de bicicleta e reformou mais de 300 bikes. Nesta edição, 30 bicicletas reformadas durante o projeto vão ser doadas para pessoas em situação de rua.

Há relatos de ex-participantes que conseguiram emprego, por exemplo, em oficinas mecânicas e aplicativos de entrega, além de outras atividades correlacionadas. Um deles é Jonatas da Conceição Soares da Costa, de 31 anos. Por questões familiares, o rapaz saiu de casa e foi viver nas ruas. Depois de um longo período, auxílio dos profissionais do Centro Pop e dedicação pessoal, ele superou essa condição.

“Além desse cursos, fui encaminhado para outros que me ajudaram a crescer profissionalmente e voltar a ter uma vida digna”, conta o morador de Taguatinga, que divide aluguel com um colega recém-saído da mesma condição, após os encaminhamentos da unidade de Taguatinga. “Meu foco agora é cuidar da minha saúde, firmar em um emprego e ter minha família”, projeta.

Centros Pop – O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) é uma unidade pública da Assistência Social para atendimento a pessoas em situação de rua. Neste local são ofertados atendimentos individuais e coletivos, oficinas, atividades de convívio e socialização, além de ações que incentivem o protagonismo e a participação social. É um espaço de referência para o convívio social e o desenvolvimento de relações de solidariedade, afetividade e respeito.

O GDF conta com duas unidades desse tipo. Além dessa em Taguatinga, há outra na 904 da Asa Sul. Não se trata de um abrigo. “É um ponto de apoio socioassistencial para pessoas nessa condição. Além de todo amparo em busca de seu protagonismo, é um local para guarda de pertences, higiene pessoal, alimentação e provisão de documentação”, explica a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Eles funcionam diariamente a partir das 7h, inclusive em fins de semana e feriados. Neste ano, as unidades fizeram mais de 6 mil atendimentos até o fim do mês passado.

Serviço

Pedal Cidadão 2022

  • Sábado, 10 de dezembro
  • Concentração a partir das 7h30
  • Início às 8h30
  • Saída da Administração do Taguaparque (Taguatinga) e chegada no Centro Pop de Taguatinga
  • Gratuito

Fonte: Agência Brasília, com informações da Sedes

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização