13 de julho de 2024
Ecotrilhas
Com 2,5 m de altura, escultura marca o acesso às ecotrilhas, trajetos muito usados por amantes de bike e caminhadas - Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

Escultura em aço no Lago Norte reverencia a bicicleta

Obra do artista Darlan Rosa foi instalada em frente à entrada do Núcleo Rural Córrego do Urubu para marcar o acesso às Ecotrilhas Serrinha do Paranoá

Uma bela escultura de uma bicicleta agora é um símbolo do esporte no Lago Norte. Fincada em frente à entrada do Núcleo Rural Córrego do Urubu – no setor de mansões do bairro –, a peça marca o acesso às ecotrilhas, trajetos muito usados pelos amantes da bike e das caminhadas. Com 2,5 m de altura e feita em aço-carbono, a escultura é de autoria de Darlan Rosa, pintor e escultor conhecido na capital e criador do simbólico personagem Zé Gotinha.

Ecotrilhas
Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

A Bike Serrinha, além de embelezar a região administrativa, marca a entrada das Ecotrilhas Serrinha do Paranoá, conjunto que reúne quatro trilhas rurais e até uma cachoeira na área de campo do Lago Norte. O projeto é de Darlan e foi feito em parceria com a ONG Ocas do Sol.

Interação com a natureza – “Fiz um ciclista envolvido em flores para demonstrar o cuidado que as pessoas devem ter com o meio ambiente”, relata o artista, que conta pedalar diariamente há mais de 20 anos. “Ao invés de colocar a placa, você lança ali um monumento que comunica melhor. E bicicleta é algo fantástico” , opina.

A inauguração, no final de setembro, contou com a participação do grupo de ciclismo Batom Bikers Brasília. A turma do pedal, com cerca de 50 integrantes, prestigiou e elogiou o ponto que também sinaliza a entrada do percurso frequentado por eles.

Ecotrilhas
Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília

“Ficou lindíssima, é um ponto de referência para nós do ciclismo. Além de simbolizar o esporte e a natureza, chama a atenção para as ecotrilhas que estão ali na frente”, pontua a coordenadora do grupo Maria Regina Teixeira, 61 anos.

Para o administrador do Lago Norte, Anderson Tolêdo, o monumento é um presente para a região administrativa. “Além do que, incentiva a prática do esporte e pode ser visto por moradores do Paranoá, Varjão, Itapoã, que passam por aqui e podem parar para conhecer o local”, finaliza.

Fonte: Agência Brasília

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização