15 de julho de 2024
23ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC
Foto: Divulgação

23ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC começa neste domingo

Tradicional prova terá largada em Paranapiacaba para Elite, Sub-23 e Open Master masculinos, com chegada no circuito em Diadema, onde correrão as demais categorias

Uma das mais tradicionais provas do calendário nacional de ciclismo, a 23ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC será disputada neste domingo, dia 11 de setembro, reunindo ciclistas de diversas categorias. Elite, Sub-23 e Open Master Masculino largarão às 8 horas do Distrito de Paranapiacaba e percorrerão todos os municípios da Grande ABC Paulista (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Mauá, Diadema), com chegada no circuito montado em Diadema, na Avenida Doutor Ulisses Guimarães – Vila Nogueira. Serão 110 km, sendo 71,5 km percorrendo as cidades e mais 11 voltas no circuito de 3,5 km. As demais 29 categorias do evento competirão apenas no circuito fechado em Diadema.

23ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC

O evento reunirá ciclistas de diferentes categorias. Serão quatro baterias ao longo do dia, e a promessa é de muita disputa. As categorias Elite / Sub-23, Master e Junior, masculino e feminino, serão válidas pelo ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (Classe 4). Vale destacar que todas as categorias contarão pontos para o Ranking Paulista de Estrada 2022.

A Volta Ciclística Internacional do Grande ABC tem como tradição bastante equilíbrio e um elevado nível técnico. O seu percurso é uma das atrações, uma vez que atravessa as sete cidades do Grande ABC Paulista, apresentando diferentes desafios aos ciclistas e ficando bem perto do público. O mesmo se repetirá no circuito em Diadema. Por isso, costuma atrair alguns dos principais nomes da modalidade na briga pelos primeiros lugares, com destaque para a Elite.

Em 2021, o fluminense Maicke Pereira, da equipe mineira da ERT, de Juiz de Fora, venceu pela primeira vez a competição. Ele completou os 120 km – 65 km pelas cidades da região mais 20 voltas no circuito em Ribeirão – com o tempo de 2h29min00seg. No Feminino, Ana Paula Polegatch, da Team Cycling Unifunvic / Pindamonhangaba, somou mais um importante título em seu currículo ao completar as voltas no circuito com o tempo de 1h33min12seg.

Os maiores vencedores da prova na Elite são Luciene Ferreira, que subiu ao topo do pódio em seis oportunidades (2005, 2009, 2021, 2023, 2015 e 2017) e, entre os homens, há três bicampeões: Daniel Rogelin (1998 e 2012), Jean Coloca (2003 e 2005) e Francisco Chamorro (2006 e 2008).

Programação

11/09, Domingo

  • Prova pelos municípios do Grande ABC
  • Largada em Paranapiacaba – 110 Km, – 71,5 km mais 11 voltas no circuito em Diadema (3,5 km)
  • 8 horas – Elite Masculino 23 anos e mais – Nascidos até o ano de 1998, 2h40
  • 8 horas – Sub-23 Masculino 19 a 22 anos – Nascidos nos anos de 1999 a 2002, 2h40
  • 8 horas – Master Open 30 a 49 anos – Nascidos nos anos de 1972 a 1991, 02h40
  • Circuito em Diadema – 3.5 Km / Volta na Avenida Doutor Ulisses Guimarães – Vila Nogueira em Diadema.

1ª Bateria

  • 8 h – Júnior Masculino (2) – Nascidos nos anos de 2003 e 2004, 1h30
  • 8h01 – Master C1 – Nascidos nos anos de 1967 a 1971, 1h10
  • 8h01 – Master C2 – Nascidos nos anos de 1962 a 1966, 1h10
  • 8h02 – Juvenil Masculino – Nascidos nos anos de 2005 e 2006, 1h10
  • 8h02 – Infanto-Juvenil Masculino(2) – Nascidos nos anos de 2007 a 2009 1h00
  • 8h03 – Master D1 – Nascidos nos anos de 1957 a 1961, 1h00
  • 8h03 – Master D2 – Nascidos até o ano de 1956, 1h00

2ª Bateria

  • 9h50 – Infantil Masculino / Feminino – Nascidos nos anos de 2010 e 2011, 4 Voltas
  • 9h51 – Mirim Masculino / Feminino – Nascidos nos anos de 2012 a 2014, 3 Voltas
  • 9h52 – Kids Masculino / Feminino – Nascidos a partir do ano de 2015, 1 Volta

3ª Bateria

  • 10h50 – Master B1 – Nascidos nos anos de 1977 a 1981, 1h20
  • 10h50 – Master B2 – Nascidos nos anos de 1972 a 1976, 1h20
  • 10h51 – Elite Feminino – Nascidas até o ano de 1998, 1h30
  • 10h51 – Sub-23 Feminino – Nascidas nos anos de 1999 a 2002, 1h30
  • 10h52 – Junior Feminino – Nascidas nos anos de 2003 e 2004, 1h10
  • 10h52 – Juvenil Feminino – Nascidas nos anos de 2005 e 2006, 1h00
  • 10h52 – Infanto-Juvenil Feminino – Nascidas nos anos de 2007 a 2009, 50 min
  • 10h53 – Master A Feminino – Nascidas nos anos de 1982 a 1991, 1h20
  • 10h53 – Master B Feminino – Nascidas nos anos de 1972 a 1981, 1h20
  • 10h54 – Master C Feminino – Nascidas até o ano de 1971, 1h00
  • 10h54 – Iniciantes Open Feminino – Nascidas até o ano de 2005, 1h00

4ª Bateria

  • 12h40 – Master A1 – Nascidos nos anos de 1987 a 1991, 1h30
  • 12h40 – Master A2 – Nascidos nos anos de 1982 a 1986, 1h30
  • 12h41 – Sub-30 Masculino – Nascidos nos anos de 1992 a 1998, 1h20
  • 12h42 – Iniciantes Open Masculino – Nascidos até o ano de 2005, 1h00
  • 12h43 – MTB Elite – Nascidos até o ano de 2005, 1h00

Campeões

  • 1998 – Daniel Rogelin (BRA) / Carla Camargo Gardenal (BRA)
  • 1999 – Ryan Gray (EUA) / Janildes Fernandes (BRA)
  • 2000 – José Reginaldo Cardoso (BRA) / Janildes Fernandes (BRA)
  • 2001 – Márcio May (BRA) / Maria Lucilene Alves (BRA)
  • 2002 – Hernandes Quadri Júnior (BRA) / Uênia Fernandes de Souza (BRA)
  • 2003 – Jean Carlo Coloca (BRA) / Uênia Fernandes de Souza (BRA)
  • 2004 – Renato Ruiz (BRA) / Maria Luzia Bello (BRA
  • 2005 – Jean Carlo Coloca (BRA) / Luciene Ferreira Silva (BRA)
  • 2006 – Francisco Chamorro (ARG) / Débora Gerhard (BRA)
  • 2007 – Kléber Ramos (BRA) / Kristien La Sasso (EUA)
  • 2008 – Francisco Chamorro (ARG)
  • 2009 – Breno Sidoti (BRA) / Luciene Ferreira da Silva (BRA)
  • 2010 – Edgardo Simon (ARG) / Fernanda Souza (BRA)
  • 2011 – Héctor Figueras (URU) / Sumaia Ali dos Santos Ribeiro (BRA)
  • 2012 – Daniel Rogelin (BRA) / Luciene Ferreira da Silva (BRA)
  • 2013 – Pedro Nicácio (BRA) / Luciene Ferreira (BRA)
  • 2014 – Roberto Pinheiro da Silva (BRA) / Valquíria Bento Pardial (BRA)
  • 2015 – Alex Diniz (BRA) / Luciene Ferreira (BRA)
  • 2016 – Murilo Affonso (BRA) / Cristiane Pereira da Silva (BRA)
  • 2017 – Lucas Motta (BRA) / Luciene Ferreira (BRA)
  • 2018 – Flavio Cardoso dos Santos (BRA) / Cristiane da Silva (BRA)
  • 2021 – Micke Pereira (BRA) / Ana Paula Polegatch (BRA)

A 23ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABCD é uma realização da Federação Paulista de Ciclismo (FPC), com a supervisão da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e o apoio da Prefeitura Municipal de Diadema e de suas Secretarias.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização