15 de julho de 2024
Diego Gabrislosviski
Diego Gabrislosviski - Foto: Eduardo Schaucoski / Fotop

Diego Gabrislosviski vence etapa rainha do Riders MTB Festival

Ricardo Pscheidt terminou em segundo e manteve a liderança geral; no Feminino, a líder Tamires Radatz faturou pelo segundo dia consecutivo

O segundo dia de competições da ultramaratona Riders MTB Festival foi disputada neste sábado (27 de agosto) em Balneário Camboriú. A etapa rainha teve um total de 66km com 1.670 metros de altimetria acumulada. A vitória na Elite Masculina foi decidida no sprint e Diego Gabrislosviski, de Porto União, levou a melhor e cruzou a meta com o tempo de 2h47min. Na segunda colocação ficou Ricardo Pscheidt, que mantém a Camisa Amarela de líder da classificação geral, com 19 segundos de vantagem sobre David Guimarães dos Santos.

Ricardo Pscheidt
Ricardo Pscheidt – Foto: Eduardo Schaucoski / Fotop

“A prova já começou intensa e fiquei um pouco para trás nas trilhas, a dois minutos de um grupo de seis ciclistas que lideravam a prova. Na parte plana final eu imprimi uma passada forte e alcancei o grupo a 6km da meta. No final levei a melhor no sprint”, contou Gabrislosviski, terceiro colocado na classificação geral, a 29 segundos de Pscheidt.

Tamires Radatz
Tamires Radatz – Foto: Eduardo Schaucoski / Fotop

No Feminino, Tamires Radatz levou a melhor mais uma vez e manteve a liderança geral da ultramaratona, com 1min12s de vantagem sobre Ana Luisa Panini.

“Hoje eu estava me sentindo bem e fiz uma boa prova, apesar de alguns problemas mecânicos. Primeiro tive um problema na roda traseira e perdi um pouco de tempo para solucionar. Depois foi a vez da bateria de meu câmbio eletrônico que acabou e precisei esperar até encontrar alguém com uma bateria extra para me emprestar. Voltei para a prova e ainda consegui vencer no sprint”, contou Tamires.

O dia ensolarado foi marcado pelas longas e íngremes subidas e também pela beleza natural da região, com passagens por rios cristalinos, reservas naturais e todo encanto das belas propriedades rurais do interior catarinense, com as casas típicas de madeira.

O percurso, muito elogiado pelos participantes, teve um pouco de tudo, com estradinhas de terra, singletracks e até uma trilha técnica que margeava um riacho, com várias travessias.

Gustavo Astolphi e Paulo Jeveaux
Gustavo Astolphi e Paulo Jeveaux – Foto: Eduardo Schaucoski / Fotop

Recordista de stage races – Um dos destaques do evento foi a participação da dupla formada pelo paulistano Gustavo Astolphi e pelo capixaba radicado em Florianópolis Paulo Jeveaux, de 37 e 38 anos respectivamente. A dupla, que disputa seu quarto evento, venceu o prólogo e a primeira etapa e lidera na categoria Dupla Master.

“O Riders MTB Festival evento é muito bem organizado, a recepção a nós atletas é muito boa, a retirada dos kits foi rápida, fora os ótimos chuveiros com água quente e o lava bike muito bom também”, afirma o paulistano Gustavo Astolphi, que é o brasileiro recordista de participações em stage race mundo afora, com 33 provas de mountain bike em seu extenso currículo que inclui todas as edições da Brasil Ride, quatro edições da Bici Bike Race, no Canadá, uma edição da Transandes, uma Cape Epic, uma Portugal MTB Tour, entre várias outras ultramaratonas de renome mundial.

“Somente eu e o Lukas Kaufmann disputamos todas as edições do Brasil Ride”, conta.

Astolphi e Paulo Jeveaux venceram o prólogo e a primeira etapa e lideram na categoria dupla Master. Astolphi vai disputar outras duas stage race este ano, incluindo uma inédita stage race para bikes gravel.

O Riders MTB Festival termina neste domingo (28 de agosto) com a terceira etapa da ultramaratona e o Race Day, num percurso de 62km com 1.500m de altimetria. A largada será às 9 horas no Portal das Pedras.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização