24 de julho de 2024
Raiza Goulão
Chegada de Raiza Goulão - Foto: Jonathas Abrantes / Ultrafotos

Raiza Goulão e José Gabriel vencem o Cross-Country Olímpico da CIMTB em Taubaté

Após vencerem o Short Track no sábado (6), atletas repetem o pódio e sagraram-se campeões do XCO e com a camiseta amarela de líder da competição

A etapa de Taubaté (SP) da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) se encerrou, na tarde deste domingo (7), com as emocionantes disputas nas provas do Cross Country Olímpico (XCO), realizada no Parque Municipal do Itaim. Nas duas principais categorias, as Super Elite Feminina e Masculina, Raiza Goulão e José Gabriel Marques foram os campeões, garantindo a dobradinha após terem vencido no sábado (6) o Short Track (XCC).

A prova da Super Elite Feminina repetiu o Top 3 do Short Track realizado no dia anterior, com Raiza Goulão, Isabella Lacerda e Hercília Najara ocupando as três primeiras posições do pódio. Karen Olímpio e Giuliana Morgen ficaram em quarto e quinto lugares, respectivamente. Também subiram no pódio Sabrina Silva, Letícia Cândido, Stefanye Lindolfo, Luma Diniz e Lorena Ferraz, entre sexto e décimo lugares.

CIMTB
Largada da Super Elite Feminina – Foto: Jonathas Abrantes / Ultrafotos

A disputa da principal categoria feminina teve Raiza Goulão e Isabella Lacerda como protagonistas, alternando a primeira e a segunda colocação do começo ao fim. Ao final da corrida, Raiza venceu a prova em 1h22min40, após completar as 5 voltas do XCO. Isabella cruzou a linha de chegada apenas 21 segundos depois.

“Muito feliz, porque venho em uma sequência vencendo XCC e XCO, nas etapas de Araxá e Taubaté. Isso é muito motivador para mim, que busco pontos importantes para me destacar nos rankings mundial e olímpico. Taubaté tem uma pista que evoluiu bastante do ano passado para este. Me alegra levar essa camiseta de líder para minha equipe e minha família. Agora dou continuidade ao meu calendário, que só acaba no final de outubro”, comemorou Raiza.

“Sabia que seria uma prova dura, porque a pista tem muita subida. No Short Track andamos juntas Isabella, Hercília e eu, então estava ciente que seria uma corrida para estudar bem e saber a hora certa de atacar. A partir da terceira volta acelerei nas subidas, para conseguir fluir melhor. Sabia dos meus pontos fracos, então procurei melhorar onde eu podia. Consegui abrir uma diferença na quarta volta e na quinta administrei bem, para ganhar e manter a camiseta de líder”, avaliou Raiza. “São 12 anos como atleta profissional e pela primeira vez sou a líder da CIMTB. Agora é pensar em Congonhas para tentar fechar o ano com esse título inédito na minha carreira”, finalizou a vencedora.

Vice-campeã nas duas corridas da super elite feminina, Isabella Lacerda avaliou sua participação na etapa de Taubaté da CIMTB. “Foi uma prova muito disputada, até o final. Estou feliz com minha performance e com o que entreguei. Zerei a pista toda, fluindo bem e confiante em todas as partes. Taubaté tem uma pista muito técnica e bastante física. Não adianta estar bem nas partes técnicas, tem que ir bem também nas subidas. Cada atleta tem suas estratégias, não concordo com a estratégia de uma concorrente em específico, mas cada um tem a sua consciência. Fiz meu melhor e entreguei tudo. Agora, vamos partir para a próxima”, comentou Isabella.

José Gabriel
José Gabriel vibra com vitória – Foto: Jonathas Abrantes / Ultrafotos

Super Elite Masculina – Entre os homens, José Gabriel Marques confirmou a excelente fase ao vencer mais uma corrida na etapa de Taubaté. Após comemorar a vitória no Short Track no dia anterior, o ciclista foi protagonista no Cross-Country Olímpico, vencendo a corrida com pouco mais de um minuto de vantagem para o vice-campeão, Guilherme Muller. Gustavo Xavier, Nicolas Machado e Ulan Galinski completaram o Top 5. Sherman Trezza, Alex Malacarne, Edson Rezende, Leandro Donizete e Kennedi Lago ficaram entre sexto e décimo lugares.

“Ser campeão do XCC e do XCO é algo inédito para mim dentro da CIMTB. Vencer aqui em Taubaté, que foi uma cidade onde começou a minha história no mountain bike, porque morei aqui na época do infanto-juvenil, juvenil e júnior, é bem nostálgico. Estar aqui e ganhar é muito especial”, disse Zé Gabriel. “Esperei até o final da terceira volta, analisei os atletas, deixei cada um fazer o seu ritmo, porque estava andando bem confortável no começo da prova. Vi que eu estava em um dia bom e, no momento em que o Xavier conseguiu fazer uma aceleração, dividimos o pelotão”, complementou o campeão.

“Taubaté é uma prova que, ao mesmo tempo que ela tem aspectos técnicos e rápidos, é uma pista muito dura, engana bastante. Se você se deixar emocionar muito no começo, custa muito caro no final. Uma pista realmente de nível mundial, muitos saltos, muitas partes rápidas, bem fluído, nada muito trancado, então para eu que voltei da Europa, estou me sentindo mais em casa do que nunca, ainda mais com tantas rampas que tem no circuito” finalizou Zé Gabriel.

CIMTB
Pódio da Super Elite Masculina – Foto: José Márcio Moreira Júnior / Ultrafotos

Vice-campeão, Guilherme Muller comemorou a volta da boa forma. Após um período sem ocupar as primeiras colocações das principais corridas do país, Muller foi um dos destaques da prova deste domingo. “Um passo importante nesta minha busca por reconquistar esse espaço no Top 3 nacional. Tive contratempos no início desta temporada e comecei este semestre ansioso, com boas expectativas. Depois de conquistar um Top 5 no XCC, sabia que o XCO poderia me favorecer se eu competisse de forma inteligente”, contou Muller.

“Procurei fazer a primeira metade da prova economizando um pouco, usando pontos que eu enxergava como pontos fortes a meu favor. Acho que isso refletiu para conquistar a segunda colocação, que foi bastante disputada entre o segundo e o quarto lugar, com diferença pequena de pouco mais de 30 segundos. Resultado final que me deixa bastante otimista para a sequência da temporada”, completou o vice-campeão.

Resultados

Super Elite Feminina

# Atleta Tempo
1 Raiza Goulão 1h22min40
2 Isabella Lacerda 1h23min01
3 Hercilia Najara 1h26min10
4 Karen Olímpio 1h26min53
5 Giuliana Morgen 1h28min13
6 Sabrina Silva 1h30min07
7 Letícia Cândido 1h32min06
8 Stefanye Silva 1h34min43
9 Luma Diniz 1h37min03
10 Lorena Ferraz 1h37min56

Super Elite Masculina

# Atleta Tempo
1 José Gabriel 1h19min23
2 Guilherme Muller 1h20min29
3 Gustavo Xavier 1h20min42
4 Nicolas Machado 1h21min02
5 Ulan Galinski 1h21min34
6 Sherman Trezza 1h22min11
7 Alex Malacarne 1h22min34
8 Edson Junior 1h22min53
9 Leandro Santos 1h23min28
10 Kennedi Lago 1h24min46
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização