19 de junho de 2024
Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista 2022
Foto: Luis Claudio Antunes / CBC

Prova Madison movimenta o 2° dia de provas do Campeonato Brasileiro de Pista

Atletas do Paraciclismo disputaram as provas de 500m e 1km contrarrelógio

O segundo dia do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista 2022 distribuiu medalhas em todas as categorias. Os atletas da Elite e Sub-23 competiram na Madison Masculino e Feminino e também disputaram a fase classificatória da prova de velocidade individual, enquanto os paraciclistas definiram os campeões da prova contrarrelógio.

Na prova Madison da categoria Elite Feminino, prevaleceu a experiência e a força da dupla formada pelas ciclistas Wellyda Rodrigues e Alice Melo, que dominaram a prova e garantiram a medalha de ouro para a equipe Abec/Rio Claro com 105 pontos. A dupla da equipe Santos Cycling Team/Fupes, formada pelas atletas Ana Paula Casetta e Taise Benato, terminaram com 23 pontos e ficaram com a medalha de prata. Gabriela da Costa e Talita da Luz, da equipe Liga de Ciclismo Campos Gerais, somaram 16 pontos e fecharam o pódio em terceiro.

O ritmo seguiu acelerado na Madison Masculino. Os atletas enfrentaram 30km distribuídos em 120 voltas no velódromo. Ao todo, foram 12 chegadas intermediarias que somaram pontos para selecionar as duplas mais rápidas do país.

A medalha de ouro ficou com os irmãos Fábio Dalamaria e Ricardo Dalamaria (Clube de Ciclismo Só Pedal) que somaram 54 pontos e comemoraram o quarto título nacional da prova, seguidos por Armando Camargo e Luan Carlos (Indaiatuba Cycling Team) com 37 pontos. Cristian Egidio e Kacio Freitas (Swift Carbon Pro Cycling Brasil) completaram o pódio em terceiro com 36 pontos.

“É uma emoção muito grande competir em um velódromo olímpico. Sempre que entramos nesta pista, aqui no Rio de Janeiro, trazemos lembranças muito boas de treinamentos com a seleção e outros momentos que tivemos a oportunidade de acompanhar nos Jogos da Rio 2016, então poder competir e conquistar uma medalha de ouro aqui dentro tem um gostinho especial”, destacou Ricardo Dalamaria.

Paraciclismo – No paraciclismo, Gilce Cortes e Talita da Luz (Piloto) conquistaram a primeira colocação na prova do 1km contrarrelógio para a categoria Tandem. Entre os homens a vitória ficou com Marcelo Lemos e Pedro Miguel (Piloto). Nas categorias C1 a C5, os campeões foram: Carlos Alberto Soares (Associação Deficientes Fisicos do Estado de Goias), na MC1; Victor Luise (Planeta Pedal), na MC2; Jose Nildo, na MC3; Elielson Rodrigues (União Metropolitana Paradesportiva de Maringá), na MC4 e Johnatan Mineiro (Paraciclismo Taubaté/EPT), na MC5.

“Fico emocionada em poder conquistar uma das primeiras medalhas de ouro do campeonato. Competir no velódromo do Rio de Janeiro sempre foi um sonho distante e hoje estou muito emocionada por estar aqui, dando o meu melhor e saindo com mais um título”, comentou Gilce Cortês, campeã do 1km contrarrelógio na Tandem.

A prova de 500m contrarrelógio contou com a vitória de Sabrina Custódia (São José Ciclismo/Instituto Athlon) na categoria WC2 e Christiane da Silva (Wild Cycling) na WC3. Amanda Antunes de Paiva (Santos Cycling Team/Fupes) venceu na WC4 e Ana Raquel Montenegro ficou com o título na WC5.

As provas de Perseguição Individual do Paraciclismo abrem a programação do sábado (21/05). O campeonato seguem até o próximo domingo (22/05) no Velódromo do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Ao vivo – As provas do sábado e domingo serão transmitidas ao vivo através do Canal Olímpico do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Programação

De 19 a 22 de Maio de 2022

  • 19/05 – Quinta-feira / 15h as 20h
  • 20/05 – Sexta-feira / 12h as 22h
  • 21/05 – Sábado / 08h as 21h45
  • 22/05 – Domingo / 12h as 20h40

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista Elite e Paraciclismo é uma organização e realização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ), com apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Governo Federal, através da Secretaria Especial do Esporte.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização