5 de dezembro de 2023
Rebecca McConnell
Chegada da campeã, Rebecca McConnell - Foto: Cesar Delong

Rebecca McConnell vence a 1ª etapa da Copa do Mundo de MTB em Petrópolis

Australiana adotou a estratégia perfeita para conseguir a vitória no XCO da Super Elite da etapa brasileira da competição

A prova da Super Elite Feminina de Cross-Country Olímpico (XCO), válida pela etapa brasileira da Copa do Mundo de Mountain Bike, agitou o público na manhã deste domingo (10), em Itaipava, distrito de Petrópolis (RJ). A disputa foi marcada pela alternância de posições, que teve a australiana Rebecca McConnell como a grande vencedora, com o tempo de 1h29min41. Anne Terpstra, da Holanda, na segunda colocação, e a francesa Loana Lecomte, em terceiro, completaram o pódio.

O início da prova teve a francesa Loana Lecomte ditando o ritmo do pelotão da frente. Lecomte, que liderou metade da disputa escapada, conseguiu abrir vantagem de 14 segundos para Rebecca McConnell, até então segunda colocada, nas duas primeiras voltas. A alternância de posições entre as cinco primeiras colocadas ditava a competição, que levantava o público a cada volta completada.

Copa do Mundo de MTB
Pódio da Super Elite Feminina – Foto: Marcelo Rypl

Rebecca, na quarta volta, assumia a liderança, que ainda teve a holandesa Anne Terpstra ocupando o posto. A indefinição sobre o resultado final e quem seria a grande vencedora agitava ainda mais o público, que na última volta, vibrava a cada passagem das atletas. Com um final de prova forte, a australiana, que se mantinha no pelotão de frente durante toda a disputa, cruzou a linha de chegada na liderança, e foi para os braços da galera.

“Vencer aqui diante deste público, provavelmente o maior que já vi em uma etapa de Copa do Mundo, é muito especial e incrível. O momento em que cruzei a linha de chegada, eu jamais esquecerei na minha vida. Fui conservadora no início. Me preocupei com a temperatura e com a hidratação o tempo todo. Geralmente não sou a ciclista que dita o ritmo na frente do pelotão, então procurei observar as adversárias e como elas se comportavam. Aproveitei a oportunidade que tive na volta final e conquistei a vitória”, analisou McConnell.

Anne Terpstra, que terminou na segunda colocação, falou sobre a pista e o quão ela exige dos atletas. “O percurso foi muito difícil, principalmente fisicamente. Essa é a realidade do mountain bike, mas eu amei correr aqui. Eu acho essa pista muito boa para a Copa do Mundo, e foi muito bom estar aqui. Consegui um grande resultado e estou muito satisfeita”, completou.

Raiza Goulão
Chegada da brasileira Raiza Goulão – Foto: Ney Evangelista

Raiza Goulão é a melhor brasileira – A melhor brasileira nesta etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike na elite feminina foi a goiana Raiza Goulão, que terminou na 31ª colocação. Raiza, que fez uma prova de recuperação, falou sobre as dificuldades enfrentadas na prova, e a energia do público presente no São José Bike Club.

“Pode não ter sido o resultado mais expressivo da minha carreira, mas foi, de longe, o mais expressivo para o meu coração. Rolou uma queda na minha frente, e por isso larguei na última posição e consegui me recuperar. Minha meta era o Top 20. Sabia da minha realidade, e estava muito próxima disso, mas furei o pneu da minha bicicleta na última volta”, disse Raiza.

“Tive que colocar um pouquinho de força no pedal, e consegui recuperar algumas posições. Me senti muito bem durante a prova, acho que estava no páreo para ficar entre as 20. De qualquer forma, só tenho a agradecer à torcida, à organização da Copa do Mundo. Essa energia da galera que vai me levar em frente na temporada 2022. Eu estou voltando”, completou.

O Brasil também foi representado por Letícia Jaqueline (40º), Hercília Najara (42º), Luma Diniz (45º), Aline Simões (46º), Paula Regina Novais (48º), Isabella Lacerda (51º).

Resultados

Elite Feminino

# Ciclista Equipe Tempo Pontos
1 Rebecca Ellen McConnell Primaflor Mondraker Genuins 1:29:41 250
2 Anne Terpstra Ghost Factory Racing +0:17 200
3 Loana Lecomte Canyon CLLCTV +0:38 160
4 Laura Stigger Specialized Factory Racing +1:44 150
5 Mona Mitterwallner Cannondale Factory Racing +1:53 140
6 Caroline Bohé Ghost Factory Racing +2:34 130
7 Linda Indergand Liv Factory Racing +3:39 120
8 Alessandra Keller Thömus Maxon +4:16 110
9 Kate Courtney Scott-SRAM MTB Racing Team +4:20 100
10 Anne Tauber CST Postnl Bafang MTB Racing Team +4:25 95
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização