17 de junho de 2024
Kate Courtney
Kate Courtney em ação no Short Track - Foto: Cesar Delong

Kate Courtney e Thomas Litscher vencem o XCC da Copa Internacional de MTB em Petrópolis

Isabella Lacerda e Gustavo Xavier foram os destaques brasileiros da prova na Super Elite. Provas do Cross Country Olímpico (XCO) acontecem neste domingo (03/04), a partir das 12 horas

O primeiro dia de competição da  Super Elite na abertura Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) teve início neste sábado (2), às 9h, no São José Bike Club, em Petrópolis/RJ. O pódio do Short Track (XCC) no Feminino foi marcado por três estadunidenses no Top 3. Em primeiro lugar ficou Kate Courtney, em segundo, Gwendalyn Gibson, e em terceiro lugar, Ruth Holcomb. As canadenses Maghalie Rochette e Emilly Jhonston completaram o Top 5. No Masculino, o suíço Thomas Litscher foi o campeão e terminou a prova extenuado, uma vez que o XCC tem como principal característica forçar os ciclistas a pedalarem sempre no limite do esforço físico e com muita explosão. O pódio teve ainda Julian Schelb (ALE), Gunnar Holmgren (CAN), Niklas Scheil (ALE) e Léandre Bouchard (CAN), entre segundo e quinto lugares, respectivamente.

A estadunidense Kate Courtney, que completou a disputa em 21 minutos e 35 segundos, contou que está animada para a Copa do Mundo de MTB. “Será uma competição, de fato, difícil, mas amo fazer isso e essa é melhor sensação do mundo”, disse Kate. “A Copa Internacional de Mountain Bike é um evento de ciclismo enorme, com várias pessoas que amam a bicicleta, andam e assistem muito animados torcendo por nós ciclistas”, conclui.

Mineira de Itaúna, Isabella Lacerda foi a melhor entre as brasileiras, ao concluir na sexta colocação. “Essa experiência na CIMTB e a que teremos na Copa do Mundo, serão fundamentais. Poder estar brigando de igual pra igual com as melhores do mundo é algo que eu queria muito”, disse. “Essa pista tá um show, o verdadeiro mountain bike, a pilotagem faixa preta mesmo”, completou a brasileira.

Thomas Litscher
Thomas Litscher comemora vitória – Foto: Ney Evangelista

Super Elite Masculina – Cerca de 15 minutos após o término da disputa feminina do Short Track, foi a vez dos homens darem o seu show para o público presente no São José Bike Club. O campeão após completar as 7 voltas em 20 minutos e 15 segundos foi o suíço Thomas Litscher. Ele esteve sempre entre os protagonistas durante toda a prova, disputando do começo ao fim a vitória do Short Track. Na volta final, guardou energia para atacar nos últimos metros e venceu com menos de 3 segundos de vantagem para o alemão Schelb.

“A volta era muito intensa, repleta de subidas. Um percurso difícil e técnico. Vocês fizeram uma pista alucinante”, avaliou o vencedor. “Eu me sentia bem o tempo inteiro e, na última volta, eu tinha que tentar. Se você não tentar, você não vence”, avaliou o vencedor. “Estou muito feliz. É uma atmosfera incrível Neste domingo (3), será mais difícil ainda”, finalizou.

A segunda colocação foi bastante comemorada pelo alemão Julian Schelb, que já esteve no Brasil em outras oportunidades em sua carreira. Schelb comemorou voltar ao país e não poupou elogios para a organização da prova. “Quando ouvi que teríamos uma Copa do Mundo no Brasil, eu disse ‘tenho que ir’. Estou aqui com meu parceiro de equipe, o Niklas, e está sendo super legal. As pessoas daqui são muito amigáveis. Ao meu ver este é o melhor percurso de Copa do Mundo que eu pedalo desde que iniciei minha carreira, em 2009. Super divertida a pista, com um público super legal. Uma energia incrível”, comentou o alemão.

Gustavo Xavier, de Piedade (SP), foi o melhor brasileiro classificado após as sete voltas da competição. O atleta finalizou na nona colocação, com o tempo de 20 minutos e 50 segundos, sendo o melhor colocado entre os integrantes da categoria sub-23. “Prova super intensa. Decidi correr nos 45 minutos do segundo tempo, porque cheguei a Petrópolis com a imunidade um pouco baixa. Estava guardando energia para o XCO de domingo, mas resolvi testar meu corpo nesse Short Track. Andei com o pelotão principal na primeira metade, sofri um pouco e preferi tirar o pé. Vamos, que amanhã tem mais”, disse Xavier.

Classificação

Elite Feminino

# Ciclista País Tempo
1 Kate Courtney Estados Unidos 21:35.777
2 Gwendalyn Gibson Estados Unidos 21:46.984
3 Ruth Holcomb Estados Unidos 21:55.265
4 Maghalie Rochette Canadá 21:59.326
5 Emilly Jhonston Canadá 22:33.756
6  Isabella Lacerda Brasil 22:43.570
7 Daniela Campuzano México 22:47.267
8 Cindy Montambault Canadá 22:48.342
9 Giuliana Morgen Brasil 23:15.118
10 Laurie Arseneault Canadá 23:15.441

Elite Masculino

# Ciclista País Tempo
1 Thomas Litscher Suíça 20:15.419
2 Julian Schelb Alemanha 20:18.068
3 Gunnar Holmgren Canadá 20:21.201
4 Niklas Schehl Alemanha 20:22.083
5 Léandre Bouchard Canadá 20:24.429
6 Ondrei Cink Rep. Tcheca 20:28.262
7 Ben Oliver Nova Zelândia 20:29.686
8 Maxime Loret França 20:35.580
9 Gustavo Xavier Brasil 20:50.316
10 Quinton Disera Canadá 20:52.807
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização