16 de junho de 2024
Triton OYKB
Bicicleta de estrada Triton OYKB

Crise causada pela invasão da Ucrânia obriga fabricante de bicicletas a deixar a Rússia

Desde o início do conflito, as exportações, o fornecimento de matéria-prima e os pagamentos foram interrompidos, forçando a Triton Bikes a mudar de país

Como consequência direta da adoção de sanções financeiras Rússia em decorrência da invasão da Ucrânia, um dos mais renomados fabricantes de bicicleta deste país, a Triton Bikes, está sendo obrigado a tentar se restabelecer em outro território.

Fundada originalmente em 2005 em Sochi, cidade localizada na costa do Mar Negro, perto da fronteira com a Geórgia, a Triton Bikes é apenas uma entre as milhares de empresas sediadas em Moscou que sofrem com o embargo econômico contra a Rússia. Expositor frequente em feiras norte-americanas como a renomada North American Handmade Bike Show, a Triton Bikes é especializada na fabricação de bicicletas com quadros de titânio de alto desempenho, cujo mercado norte-americano é o seu principal comprador.

Bicicleta Triton Gravel
Bicicleta Triton Gravel

Desde o início dos conflitos, entretanto, a empresa parou de receber matéria-prima vinda do exterior, além de ter sua conta conta bancária impossibilitada de receber dinheiro vindo do exterior. Outra consequência nefasta foi a interrupção das encomendas de bikes vindas do exterior. 

“Não recebemos uma única encomenda vinda de fora da Rússia há pelo menos 12 semanas. Isso nunca aconteceu antes”, disse Dmitry Nechaev, proprietário da Triton Bikes.

Triton Proper Road Plus
Bicicleta Triton Proper Road Plus

Nechaev, que também possui nacionalidade israelense, mudou-se esta semana para Israel, alegando que a economia do país está cada vez mais estrangulada, tornando praticamente impossível manter sua empresa funcionando.

“[Com as sanções] perdemos a capacidade de receber pagamentos vindos do exterior. O PayPal e outras instituições não permitem mais a transferência de dinheiro para nossas contas bancárias. Além disso, a desvalorização do rublo está tão alta que não faz mais sentido trabalhar por aqui”, completou.

Outro problema enfrentado pela Triton Bikes é o corte no fornecimento de insumos para a montagem das bicicletas. Seu principal fornecedor, a Paragon Machine Works, não consegue enviar material como tubulações, dropouts, gancheiras e outros componentes do quadro para a Rússia simplesmente porque transportadoras como a Federal Express e DHL não fazem mais voos para a Rússia.

“Entendemos que o Dmitry não foi o responsável pela guerra, mas no momento nada podemos fazer”, disse Donna Norstad, diretora administrativa da Paragon.

Triton Bikes
Dmitry Nechaev, fundador da Triton Bikes (ao centro) com a sua equipe – Foto: Divulgação / Triton Bikes

Mudança de ares – Com a falta de uma perspectiva otimista, pelo menos a curto e médio prazo, a solução encontrada por Dmitry Nechaev foi fechar as portas de sua fábrica e começar a procurar por financiadores que o apoie a restabelecer seu negócio em outro país. “Em algum país livre e democrático”, diz Nechaev, que afirma não apoiar a invasão da Ucrânia.

“Não posso compreender quem poderia ser a favor disso. Nós somos fabricantes de bicicletas, amamos ver as pessoas felizes pedalando nossas bikes e não apoiamos nenhum tipo de agressividade contra nenhum povo no mundo”, completa.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização