22 de junho de 2024
Volta Ciclística Internacional do Grande ABC
Volta Ciclística Internacional do Grande ABC - Foto: Ivan Storti / FPCiclismo

22ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC é destaque neste domingo

Edição 2021 da tradicional prova de estrada terá sua largada e chegada excepcionalmente no município paulista de Ribeirão Pires e não em Paranapiacaba, como nas edições anteriores

Será realizada no próximo domingo (12/09) a 22ª edição da tradicional 22ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC que, este ano excepcionalmente terá sua largada e chegada no município paulista de Ribeirão Pires, ao contrário das demais edições que tradicionalmente largaram do distrito de Paranapiacaba.

De acordo com a organização da prova, a alteração de última hora deveu-se ao fato do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) não dado a liberação do evento em tempo hábil, somente informando à Federação Paulista de Ciclismo sobre a negativa na tarde de quinta-feira.

Volta Ciclística Internacional do Grande ABC
Foto: Ivan Storti / FPCiclismo

“Infelizmente, não conseguimos realizar a largada deste ano em Paranapiacaba, como sempre aconteceu. Estamos conversando com o DER há 90 dias e a resposta veio somente nesta quinta e por telefone. Uma pena, mas isso não tirará o brilho do evento, pois os atletas percorrerão as cidades da região da mesma forma. Estamos certos que será mais uma grande edição da Volta do Grande ABC, que retorna depois de 12 anos a Ribeirão Pires”, destaca José Cláudio do Santos, o Facex, presidente da Federação Paulista de Ciclismo.

Apesar da mudança, o largada em Ribeirão permanece no mesmo horário programado originalmente e a prova terá a mesma quilometragem total (112 km), já que haverá mais voltas no circuito final em Ribeirão Pires. As demais categorias seguem inalteradas, com as quatro baterias previstas para a arena começando também a partir das 8h. Ao todo, 410 ciclistas participarão do evento que, em algumas categorias, contará pontos para os rankings estadual e nacional.

Tradição – A Volta Ciclística Internacional do Grande ABC é um das mais tradicionais provas do ciclismo nacional, atraindo atletas e equipes de várias partes do país na categoria Elite e Sub-23, Masculino e Feminino, sem falar das diversas categorias de idades, desde Mirim até Master. A prova tem em seu histórico o fato de apresentar bastante equilíbrio e um elevado nível técnico.

O seu percurso para Elite, Sub-23 e Master Open é uma das atrações, uma vez que atravessa as sete cidades do Grande ABC Paulista, Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema, apresentando diferentes desafios ao ciclistas e ficando bem perto do público.

Programação

Domingo 12 de setembro

Circuito em Ribeirão Pires – Avenida Prefeito Valdírio Prisco  2,7 km

1ª bateria

  • 7h – Concentração/Súmula
  • 8h – Elite Masculino 23 anos e mais – Nascidos até o ano de 1998 – duração 2h40
  • 8h – Sub-3 Masculino 19 a 22 anos – Nascidos nos anos de 1999 a 2002 – 2h40
  • 8h – Master Open 30 a 49 anos – Nascidos nos anos de 1972 a 1991 – 2h40
  • 8h – Junior Masculino (2) 17 e 18 anos – Nascidos nos anos de 2003 e 2004 – 1h30
  • 8h01 – Master C1 50 a 54 anos – Nascidos nos anos de 1967 a 1971 – 1h10
  • 8h01 – Master C2 55 a 59 anos – Nascidos nos anos de 1962 a 1966 – 1h10
  • 8h02 – Juvenil Masculino (2) 15 e 16 anos – Nascidos nos anos de 2005 e 2006 – 1h10
  • 8h02 – Infanto-Juvenil Masculino (2) 12 a 14 anos – Nascidos nos anos de 2007 a 2009 – 1h
  • 8h03 – Master D1 60 a 64 anos – Nascidos nos anos de 1957 a 1961 – 1h
  • 8h03 – Master D2 65 anos e mais – Nascidos até o ano de 1956 – 1h

2ª bateria

  • 9h50 – Infantil 10 e 11 anos – Nascidos nos anos de 2010 e 2011 – Masculino/Feminino – 4 voltas
  • 9h51 – Mirim Masculino/Feminino 7 a 9 anos – Nascidos nos anos de 2012 a 2014 – 3 voltas
  • 9h52 – Kids Masculino/Feminino 6 anos e menos – Nascidos a partir do ano de 2015 – 1 volta

3ª bateria

  • 10h50 – Master B1 40 a 44 anos – Nascidos nos anos de 1977 a 1981  –  1h20
  • 10h50 – Master B2 45 a 49 anos – Nascidos nos anos de 1972 a 1976 – 1h20
  • 10h51 – Elite Feminino 23 anos e mais – Nascidas até o ano de 1998 – 1h30
  • 10h51 – Sub-23 Feminino 19 a 22 anos – Nascidas nos anos de 1999 a 2002 – 1h30
  • 10h52 – Júnior Feminino (2) 17 e 18 anos – Nascidas nos anos de 2003 e 2004 – 1h10
  • 10h52 – Juvenil Feminino (2) 15 e 16 anos – Nascidas nos anos de 2005 e 2006 – 1h00
  • 10h52 – Infanto-Juvenil Feminino (2) 12 a 14 anos – Nascidas nos anos de 2007 a 2009 – 50min
  • 10h53 – Master A Feminino 30 a 39 anos – Nascidas nos anos de 1982 a 1991 – 1h20
  • 10h53 – Master B Feminino 40 a 49 anos – Nascidas nos anos de 1972 a 1981 – 1h20
  • 10h54 – Master C Feminino 50 anos e mais – Nascidas até o ano de 1971 01h00
  • 10h54 – Iniciantes Open Feminino 16 anos e mais – Nascidas até o ano de 2005 – 1h

4ª bateria

  • 12h40 – Master A1 30 a 34 anos – Nascidos nos anos de 1987 a 1991 – 1h30
  • 12h40 – Master A2 35 a 39 anos – Nascidos nos anos de 1982 a 1986 – 1h30
  • 12h41 – Sub 30 Masculino 23 a 29 anos – Nascidos nos anos de 1992 a 1998 – 1h20
  • 12h42 – Iniciantes Open Masculino 16 anos e mais – Nascidos até o ano de 2005 – 1h
  • 12h43 – MTB Elite 16 anos e mais – Nascidos até o ano de 2005 – 1h

Campeões

  • 1998 – Daniel Rogelin (BRA)/Carla Camargo Gardenal (BRA)
  • 1999 – Ryan Gray (EUA)/Janildes Fernandes (BRA)
  • 2000 – José Reginaldo Cardoso (BRA)/Janildes Fernandes (BRA)
  • 2001 – Márcio May (BRA)/Maria Lucilene Alves (BRA)
  • 2002 – Hernandes Quadri Júnior (BRA)/Uênia Fernandes de Souza (BRA)
  • 2003 – Jean Carlo Coloca (BRA)/Uênia Fernandes de Souza (BRA)
  • 2004 – Renato Ruiz (BRA)/Maria Luzia Bello (BRA
  • 2005 – Jean Carlo Coloca (BRA)/Luciene Ferreira Silva (BRA)
  • 2006 – Francisco Chamorro (ARG)/Débora Gerhard (BRA)
  • 2007 – Kléber Ramos (BRA)/ Kristien La Sasso (EUA)
  • 2008 – Francisco Chamorro (ARG)
  • 2009 – Breno Sidoti (BRA)/ Luciene Ferreira da Silva (BRA)
  • 2010 – Edgardo Simon (ARG)/ Fernanda Souza (BRA)
  • 2011 – Héctor Figueras (URU)/Sumaia Ali dos Santos Ribeiro (BRA)
  • 2012 – Daniel Rogelin (BRA)/Luciene Ferreira da Silva (BRA)
  • 2013 – Pedro Nicácio (BRA)/Luciene Ferreira (BRA)
  • 2014 – Roberto Pinheiro da Silva (BRA)/ Valquíria Bento Pardial (BRA)
  • 2015 – Alex Diniz (BRA) / Luciene Ferreira (BRA)
  • 2016 – Murilo Affonso (BRA)/Cristiane Pereira da Silva (BRA)
  • 2017 – Lucas Motta (BRA)/Luciene Ferreira (BRA)
  • 2018 – Flavio Cardoso dos Santos (BRA)/Cristiane da Silva (BRA)

A 22ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABC 2021 é uma realização da Federação Paulista de Ciclismo, com apoio da Prefeitura de Ribeirão Pires, pela Secretaria de Juventude, Esportes, Lazer, Cultura e Turismo (SEJEL), demais prefeituras da região e Polícia Militar do Estado de São Paulo.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização