24 de julho de 2024
DER/DF
Além de chamar a atenção para os cuidados em preservar vidas, o Maio Amarelo tem como objetivo conscientizar a população no sentido de que o trânsito precisa ser democrático - Foto: Divulgação / DER-DF

DER/DF distribui no Eixão do Lazer mil coletes refletivos para ciclistas

Ação marcou a segunda semana de atividades do Maio Amarelo pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal

Segue a todo vapor o trabalho elaborado pela equipe da Diretoria de Educação de Trânsito do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) voltado para o Maio Amarelo, movimento mundial que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito. Aproximadamente oito mil pessoas já foram abordadas desde a abertura dos trabalhos.

O tradicional Eixão do Lazer, promovido aos domingos e feriados nacionais no Eixo Rodoviário (DF-002), marcou as ações programadas para a segunda semana de campanha. Neste domingo (16), em atividade voltada para os ciclistas, foram distribuídos mil kits educativos, cada um com um colete refletivo, uma garrafa, um guia do ciclista e adesivos do Maio Amarelo, entre outros itens.

Para a ciclista Anabela Marques, de 21 anos, esta ação é sempre muito bem-vinda para educar os amantes da bicicleta. “Sempre que posso, participo desses eventos, que refrescam nossas memórias sobre a importância do respeito nas ruas”, disse.

DER/DF
Foto: Divulgação / DER-DF

Para o superintendente de Obras do órgão, Cristiano Cavalcante, que também pedala e esteve presente ao evento, as ações do Maio Amarelo, além de chamar a atenção para os cuidados em preservar vidas, têm como objetivo conscientizar a população no sentido de que o trânsito precisa ser democrático. “As vias são compartilhadas por ciclistas, pedestres, motoristas e motociclistas, e o DER propõe esta democratização e o respeito entre cada modal”, comentou.

Monumentos iluminados – Desde o dia 1º deste mês, os principais monumentos de Brasília estão iluminados em referência à campanha. O prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), os palácios do Buriti, do Itamaraty e do Planalto, além do Museu Nacional, a Catedral, o Monumento JK e a Ponte JK estarão em tom amarelado e permanecerão assim até o fim do mês. A ação ocorre por iniciativa do DER/DF, desde a edição de 2015 do movimento.

Fonte: Agência Brasília, com informações do DER/DF e edição de Renata Lu

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização