24 de julho de 2024
Pedal Noturno-DF
Foto: Pedal Noturno-DF

Turismo de bicicleta ganha espaço no setor de viagens pelo Brasil

Cicloturismo é alternativa ao setor impactado pela pandemia

Viajar, conhecer culturas e apreciar a natureza. Isso de uma forma mais devagar, na companhia de uma bicicleta. O cicloturismo é uma alternativa para unir as férias com um estilo de vida saudável.

No Brasil, diversas rotas já são tradicionais, como a Estrada Real, ligando Ouro Preto, em Minas Gerais, a Petrópolis, no Rio de Janeiro; o Vale Europeu, em Santa Catarina e a Chapada Diamantina, na Bahia. Outras iniciativas urbanas também estão sendo planejadas, como a rota que contorna o Rio Guaíba, em Porto Alegre.

Fernando Angeoletto é fundador de uma empresa especializada em cicloturismo, em Florianópolis, e diz que o crescimento de grupos de ciclistas nas cidades aqueceu o setor com viagens pelo Brasil e até no exterior. Ele fala que muitos buscam uma forma saudável de viajar.

Com a pandemia, Fernando vem organizando passeios com grupos menores, ampliando a proteção dos participantes.

A gaúcha Leda Malysz já percorreu diversos pontos do Brasil de bicicleta. Hoje ela vive ao redor da Chapada do Veadeiros, na cidade de Cavalcante, em Goiás.

Leda é idealizadora do projeto De Bike na Chapada, que busca incentivar o cicloturismo, além do uso da bicicleta na região. Ela afirma que é importante o viajante estar acompanhado de um guia preparado para este tipo de turismo de aventura.

De Bike na Chapada
Foto: Divulgação / De Bike na Chapada

A coordenadora de produtos turísticos do Ministério do Turismo, Fabiana Melo de Oliveira, considera que atividades ao ar livre serão uma tendência para retomar o setor após a crise enfrentada com a pandemia. Para ela, o cicloturismo pode ser um meio de valorizar e proteger o patrimônio natural.

O Ministério do Turismo ainda reforça que com o apoio do Ministério do Meio Ambiente e voluntários está sinalizando e promovendo trilhas de longo curso ao longo do país. Já são 3,5 mil quilômetros de trilhas sinalizadas, com uma meta de 10 mil km nos próximos anos.

Fonte: Agência Brasil, por Gésio Passos, com produção de Wesley Cerqueira

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização