21 de fevereiro de 2024
Fortaleza
A Avenida Coronel Carvalho recebeu 3,7 km de ciclofaixa, beneficiando bairros como Vila Velha, Jardim Iracema e Jardim Guanabara - Foto: Divulgação / Prefeitura de Fortaleza

Fortaleza (CE) ultrapassa 300 quilômetros de malha cicloviária

Além de chegar a um marco histórico, capital cearense ampliou em cerca de 341% as opções de percurso seguro para ciclistas na cidade

A cidade de Fortaleza (CE) ultrapassou a marca de 300 km de infraestrutura cicloviária, proporcionando cada vez mais opções de deslocamentos seguros para a utilização da bicicleta na cidade. Além de chegar a um marco histórico, a implantação de novas ciclofaixas nos dois últimos meses ganha mais importância durante a pandemia do novo Coronavírus por incentivar um meio de transporte sustentável e com baixo risco sanitário, já que não gera aglomerações e não polui o meio ambiente.

  • Confira o Mapa da Malha Cicloviária aqui

A expansão da malha cicloviária possibilitou a implantação de 13 km de novas infraestruturas, no período de 15 de maio a 15 de julho, chegando a um total de 300,4 km. Nessa conta, são 179,7 km de ciclofaixas, 111,1 km de ciclovias, 9,4 km de ciclo-rotas e 0,2 km de passeio compartilhado, o que representa que a Prefeitura de Fortaleza bateu um recorde histórico, ampliando em cerca de 341% a rede cicloviária na cidade.

“A Prefeitura seguirá com esse ritmo de implantação até o final do ano, expandindo a rede cicloviária para cada vez mais regiões da cidade”

Os novos 13 km de ciclofaixas e ciclo-rotas implantadas de maio até agora estão distribuídas em diversos bairros da capital e trazem diferentes soluções de acordo com as características de cada via e região. De acordo com o secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia, a previsão é que, até o final de agosto, sejam implantados mais 18 km de novas ciclofaixas, totalizando assim 31 km implantados em pouco mais de 3 meses desde que as implantações retomaram após a parada por conta da pandemia. “A Prefeitura seguirá com esse ritmo de implantação até o final do ano, expandindo a rede cicloviária para cada vez mais regiões da cidade. A gestão municipal formatou um plano de expansão de ciclofaixas ainda mais acelerado e está buscando fontes de financiamento para isso”, afirma Luiz.

Com o desenvolvimento do Programa de Expansão da Malha Cicloviária, em 2018, já havia sido ultrapassada a meta estabelecida pelo Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) para 2020, que era de cerca de 236 km de rede para deslocamento de ciclistas.

Com informações do Portal da Prefeitura de Fortaleza

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização