24 de fevereiro de 2024
Giuliana Morgen
Foto: Cesar Delong

Giuliana Morgen domina o XCO da etapa de Araxá da Copa Internacional de MTB

No cross-country olímpico (XCO) da CIMTB, atleta acelerou na largada e andou forte, vencendo na Junior Feminina e ultrapassando vários atletas do Masculino

A primeira etapa da Copa Internacional de Mountain Bike 2020 (CIMTB), que aconteceu no último domingo, dia 8 de março, não poderia ter sido melhor para a o jovem ciclista Giuliana Morgen, atleta da Sense Factory Racing. Isso porque, no calor da cidade mineira de Araxá, ela dominou o cross-country olímpico em sua categoria, a Junior, dando os primeiros passos para conquistar seu quarto título da CIMTB. Em seus três primeiros anos competindo, a ciclista que hoje têm 16 anos conquistou dois títulos de campeã na geral na categoria cadete e mais um na Sub-15.

Giuliana Morgen
Foto: Cesar Delong

“Largamos um minuto depois da Junior Masculina. Eram 6 meninas na minha categoria, mas o que eu queria mesmo era ultrapassar o maior número possível de meninos”, comentou a Giugiu. Logo na primeira volta, a petropolitana passou muito forte, tendo aberto cerca de três minutos sobre a segunda colocada – no fim das três voltas, esta diferença era de cerca de 13 minutos.

“Larguei com força total e fui babando pra cima dos meninos. Fui alcançando vários deles, passando uns quatro ou cinco por volta. Meu ritmo de prova foi muito bom e completei as 3 voltas em 57 minutos, conquistando assim mais 20 pontos no ranking da UCI”, afirmou Giugiu.

A atleta ainda comentou sobre as condições da pista e, segundo ela, o percurso melhorou muito em relação aos anos anteriores. Um dos pontos de maior destaque foi justamente a famosa descida da Dona Beja. Até o ano passado, o trecho era composto por vários degraus. Agora, a pista ficou mais rápida e fluida, com a descida ganhando saltos que privilegiam pilotos habilidosos.

“Todas as saídas de curva agora ficam bem apoiadas”, explicou a atleta sobre as curvas com parede do percurso montado no Tauá Grande Hotel. “A pista ficou muito mais rápida e a aderência estava ótima, já que choveu durante a noite e agora está fazendo muito sol. Peguei muito calor na corrida, estava muito abafado, mas o resultado no final foi ótimo”, complementou Giugiu.

Giuliana Morgen
Giugiu comemora em Araxá – Foto: Cesar Delong

Próximos desafios – Em suas redes sociais, Giuliana Morgen dedicou sua vitória na Copa Internacional de MTB para a torcida. Para ela, seu papel no esporte é o da inspiração:

“Se você me perguntar: Giu pra que você faz esse esporte? Por que você se dedica tanto a isso? Eu te diria que acredito que posso mudar a vida de muitas crianças, mulheres (parabéns pelo nosso dia), homens e etc, através do meu amor pelo esporte! Dedico essa vitória aqui na Copa à todos nós! Obrigada de coração pela torcida, foi emocionante”, comentou Giugiu em uma recente postagem.

Agora, com um de seus principais objetivos da temporada bem encaminhado, Giugiu pode deixar de lado por um tempo seu foco na CIMTB para se preocupar com outras metas. Isso porque, entre os dias 1 e 5 de abril, acontece o Campeonato Pan-Americano de MTB em San Juan, na Argentina, onde Giugiu deve tentar seu terceiro título. Antes disso, porém, a atleta estará presente na Taça Brasil de XCO, que acontece no dia 15 de março em Amparo, São Paulo – a competição contará pontuação UCI Classe 2.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização