4 de março de 2024
Copa Internacional de MTB
Foto: Fábio Piva / CIMTB

Copa Internacional de MTB terá XCC para definir grid de largada das categorias

Prova acontece a partir das 15h de sexta-feira (7). Etapa de Araxá está com as inscrições abertas

Em busca de levar diversão e uma nova modalidade para atletas, a edição 2020 da Copa Internacional de MTB implantou o Short Track (XCC) para definir o grid de largada de Araxá, Petrópolis e Taubaté. O evento, que acontece em Araxá, está com as inscrições abertas. As tomadas de tempo que decidem o grid de largada do fim de semana será na sexta-feira (7) a partir das 15h. Não é obrigatório a participação do atleta no XCC porém é necessário no mínimo 21 competidores por categoria para haver a prova.

Inscreva-se para as 4 etapas 

Inscreva-se para Araxá

Em Araxá, a primeira fila será feita com os 10 primeiros colocados da temporada de 2019, desde que o atleta tenha continuado na mesma categoria. Já nas outras etapas o alinhamento das 2 primeiras filas será com os 15 primeiros colocados do campeonato em cada uma das categorias. A duas filas de largada seguintes será feita com os 16 primeiros do XCC. A disputa será feita em uma volta na pista de XCC (cerca de 2 km) quando tiverem até 30 atletas, porém tendo mais que 31 atletas, a prova será feita em duas voltas.

Copa Internacional de MTB
Foto: Fábio Piva / CIMTB

As categorias que não poderão participar do XCC de tomada de tempo são a Super Elite (masculino/feminino), Duplas, e-Bikes, Gravel, Turismo e Mirim. A Junior (masculino/feminino), na etapa de Petrópolis, terá alinhamento pelo ranking da UCI. No caso da categoria Ultra, o alinhamento do segundo dia de prova será feito a partir dos 15 primeiros colocados do primeiro dia. A organização lembra que o atleta que não estiver no momento da chamada, perde o direito de alinhar.

O atleta Fausto Henrique Cortes afirmou que esta é uma oportunidade de aumentar a performance. “Uma oportunidade de melhorarmos nossa posição na largada, garantindo a linha da frente e chegar nas partes técnicas nas primeiras posições. Largar na frente é uma vantagem no XCO. Outra coisa legal, é que o Short Track está disponível para todos participarem. Eu vou correr com certeza, é uma oportunidade de melhorar a performance”, afirmou.

Copa Internacional de MTB
Foto: Fábio Piva / CIMTB

O treinador e atleta Ricardo Gomes Leite, o Kadinho, o XCC é uma oportunidade do atleta definir a estratégia. “É uma oportunidade do atleta se posicionar melhor e performar melhor. Além disso, a prova fica mais fluída, pois colocando os melhores tempos na frente evita acidades”, comentou Ricardo.

Para o organizador Rogério Bernardes, o grid de largada dá a oportunidade do atleta conhecer uma nova modalidade. “Além de competir, conhecer e vivenciar as emoções de um Short Track, o competidor terá mais um momento de interação com o esporte dentro da Copa Internacional de MTB. Ele poderá se divertir ainda mais dentro do evento e ainda gratuitamente”, afirmou o organizador Rogério Bernardes.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização