24 de fevereiro de 2024
Foto: André Ramos / MTB Brasília

Canivete de ferramentas ParkTool I-Beam IB-3

Com 15 funções que incluem uma chave de corrente compatível com grupos de 5 a 12 velocidades, kit de ferramentas de emergência da ParkTool é uma das opções mais completas do mercado

Referência mundial para oficinas mecânicas de bicicletas e ciclistas entusiastas, a ParkTool disponibiliza no Brasil um dos mais versáteis e completos canivetes de ferramentas do mercado, a IB-3.

A ferramenta, distribuída no Brasil para os lojistas pela Isapa, contém nada menos que 15 funções que incluem desde as principais chaves allen para manutenção e reparo até uma prática e eficiente chave de corrente, compatível com modelos de 5 a 12 velocidades.

Canivete de ferramentas ParkTool IB-3

Lista de ferramentas do canivete IB-3

Ferramenta Medidas
Chave allen 1.5, 2, 2.5, 3, 4, 5, 6 e 8mm
Chave Torx T25
Chave de fenda  
Chave para correntes 5 a 12 velocidades*
Espátula para tirar pneus  
Chave hexagonal 8mm
Chave de raio 3.23mm e 3.45mm

*Não compatível com correntes Campagnolo de 11 velocidades

Construída a partir de uma base em alumínio anodizado no clássico azul da marca, a IB-3 é um tanto quanto volumosa (90mm x 40mm x 25mm) e mais pesada (170 gramas) que a média dos canivetes disponíveis no mercado. Seu grande destaque entretanto é sua construção robusta, cujas ferramentas são construídas no mesmo aço especial que os modelos de bancada da marca, resultando em um kit de emergência durável e de extrema confiabilidade.

Canivete de ferramentas ParkTool IB-3

A avaliação

Entre as características desejáveis em um kit de ferramentas de emergência estão a portabilidade, a precisão, a durabilidade e a facilidade de uso além de, claro, seu preço.

Portabilidade – Com 170 gramas de peso total, a IB-3 não pode ser considerada o mais leve canivete de ferramentas do mercado, preço a ser pago por seu design robusto e durável. Para quem, como eu, que costuma carregar um monte de coisas na mochila quando vai às trilhas, seu peso não chega a ser um inconveniente, mas talvez não seja do agrado de quem adota uma postura minimalista ao carregar acessórios durante a pedalada.

De uma maneira geral, o IB-3 cabe com relativa facilidade em pochetes e bolsas de selins, mas pode ficar um pouco incômodo se transportado no bolso da camisa.

Foto: André Ramos / MTB Brasília

Precisão – De todas as ferramentas de uso geral para bicicletas, nenhuma delas é mais utilizada que as chaves allen. Seu formato sextavado permite uma aplicação uniforme do torque no parafuso, evitando danos aos componentes.

Por outro lado, estas ferramentas exigem um alto nível de precisão em sua construção, já que uma ferramenta de tamanho muito inferior ao especificado pelas normas internacionais poderá espanar o parafuso, enquanto que uma medida ligeiramente superior simplesmente não irá funcionar.

Toda ferramenta construída em aço forjado está sujeita a pequenas variações em relação às medidas padrões. Esta diferença, muitas vezes menor que a espessura de um fio de cabelo, não chega a ser problemática, desde que não ultrapasse o limite de 0,7%.

Na avaliação, as chaves allen do canivete ParkTool IB-3 apresentaram índices de precisão dentro da média do mercado:

Medição das chaves allen do kit IB-3

Tamanho Medida real Diferença (em%)
1.5mm 1.49mm 0,022
2mm 1.95mm 0,039
2.5mm 2.47mm 0,061
3mm 2.95mm 0,088
4mm 3.89mm 0,155
5mm 4.93mm 0,246
6mm 5.99mm 0,359
8mm 7,96mm 0,636

Construção e durabilidade – Como nos demais canivetes de ferramentas da ParkTool, o IB-3 foi feito para durar muitos anos. 

Montadas nas duas extremidades do corpo em alumínio, suas ferramentas principais proporcionam uma pegada firme e precisa. No meu caso, em especial, fiz uso de uma chave allen 4 e uma chave de boca 10 para afrouxar um pouco o movimento das ferramentas, de forma a deixá-las mais suaves na hora de utilizá-las.

Foto: André Ramos / MTB Brasília

 Facilidade de uso – Acoplado ao seu corpo principal por meio de um trilho, fica a espátula de pneus do IB-3. Feita em nylon reforçado com uma chapa de aço, a espátula, além de remover pneus com facilidade sem danificá-los, conta ainda com duas chaves de raio nas medidas 3.23mm e 3.45mm, compatíveis com a maioria das rodas de bicicletas e uma chave hexagonal de 8mm, que pode ser usada para ajustes de alguns modelos de freios de aro, além de funcionar como alavanca para a chave de corrente do kit.

Outro item ‘escamoteável’ do IB-3 é a chave allen 8, apresentado na forma de bit encaixado na chave allen 6. 

Para um cara distraído como eu, o risco de se perder tanto o bit de 8 quanto a espátula é um risco constante, o que me deixa um tanto cabreiro quanto a este tipo de solução em kits de ferramentas, ainda mais se tratando de manutenções realizadas no meio da rua ou da trilha.  

Como ponto a favor da ParkTool todavia, em nenhum momento do teste as peças desconectaram sozinhas, reduzindo assim o risco de perda.

Foto: André Ramos / MTB Brasília

De uma maneira geral, a chave de corrente funcionou satisfatoriamente. Já as chaves allen 1.5, 2, 4 e 5mm, seu design mais curto que as demais ferramentas chegou dificultar o acesso a alguns parafusos da minha bicicleta, como os da manete do freio e do trocador de marchas.

Embora não tão necessário nos dias de hoje, alguns ciclistas poderão sentir falta de uma chave Philips, não disponível no IB-3.

Conclusão – Apesar de seu peso e volume, o canivete da ParkTool oferece um conjunto de ferramentas preciso e robusto, capaz de resistir a todo tipo de abuso sem perder sua funcionalidade. 

Indicado para mountain bikers e ciclistas adeptos de pedaladas de longa duração em locais sem infra-estrutura, o canivete ParkTool IB-3 está disponível nas principais lojas do Brasil ao preço médio de 170 reais.

Canivete de ferramentas ParkTool IB-3

Tamanho e peso
Versatilidade
Facilidade de uso
Durabilidade
Custo x benefício

Muito Bom!

Uma ferramenta confiável e completa, para quem não se preocupa em carregar alguns gramas a mais no bolso

Pontos positivos

  • Precisão;
  • Variedade de ferramentas;
  • Durabilidade.

Pontos negativos

  • Mais pesado que outros canivetes similares;
  • O pequeno tamanho das chaves allen 1.5, 2, 4 e 5mm podem dificultar o acesso a alguns parafusos da bicicleta;
  • Destacáveis, tanto a espátula de pneus quanto o bit allen de 8 podem se perder.

Sobre o autor

André Ramos é editor do website MTB Brasília
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização