29 de fevereiro de 2024
Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Referendo na Suíça aprova a incorporação da bicicleta à Constituição

Alteração constitucional que garante verbas públicas para a construção de ciclovias e trilhas foi aprovada com 72% dos votos, em referendo cuja iniciativa contou com o apoio de praticamente todos os partidos políticos do país

Os eleitores suíços votaram neste domingo (23) a favor da incorporação da bicicleta à Constituição do país, com o objetivo de garantir que o uso deste meio de transporte tenha obrigatoriamente todas as infraestruturas adequadas.

A alteração constitucional que garante que parte do orçamento público seja destinado à construção e à manutenção de ciclovias, caminhos e trilhas foi aprovada com 72% dos votos, em um referendo cuja iniciativa teve o respaldo de praticamente todos os partidos políticos e associações ativas na defesa do meio ambiente.

Segundo os promotores da iniciativa, a melhoria das ciclovias contribuirá para a segurança dos ciclistas e para desafogar o trânsito nas cidades, além de gerar efeitos positivos sobre a saúde, o meio ambiente e o turismo.

Graças a esta decisão, o governo suíço poderá agora desenvolver padrões nacionais de construção de ciclovias e ciclofaixas, além de fornecer dados para mapas e aplicativos de navegação e turismo. O planejamento, a criação e a manutenção das ciclovias continuarão sob responsabilidade das autoridades locais.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização