21 de fevereiro de 2024

Tacx lança protetor de câmbio com apenas 30 gramas de peso

Montado como prolongamento da blocagem da roda, novo Tacx Crashpad protege o câmbio traseiro da bicicleta sem comprometer a integridade da gancheira

O fabricante holandês Tacx acaba de disponibilizar no mercado um novo acessório cuja função é proteger o câmbio traseiro da bicicleta  contra danos causados por quedas e pancadas.

Popular nos anos 90, os chamados protetores de câmbio eram utilizados principalmente por mountain bikers temerosos que o caro componente de transmissão se avariasse ao se chocar contra pedras e raízes. Cedo porém, percebeu-se que o remédio acabava por ser mais amargo que a doença: ao ser atingido, o protetor de câmbio muitas vezes funcionava como uma alavanca, entortando a gancheira e comprometendo a estrutura do quadro.

Esse problema era particularmente danoso em uma época onde ainda quase não se utilizava as gancheiras removíveis, tão comuns nos dias de hoje.

Tacx Crashpad

Leve (30 gramas) e minimalista, o novo Tacx Crashpad foi desenvolvido especialmente para oferecer o máximo de proteção ao câmbio traseiro sem comprometer a integridade do quadro ou de qualquer outro componente da bicicleta. Ao contrário dos antigos protetores de câmbio, o acessório da Tacx é utilizado como substituto da porca da blocagem da roda, sem contato direto com a transmissão ou com a gancheira.

Uma vez instalado, o protetor permanece posicionado paralelamente ao câmbio, recebendo em seu lugar qualquer pancada ou choque que possa ocorrer, preservando a transmissão.

Recém disponibilizado na Europa e nos Estados unidos, o Crashpad é comercializado por 19 dólares, em duas versões: longa, para a maioria dos câmbios e curta, compatível com os modelos Shimano Shadow, anos 2018 em diante.

Tacx Crashpad

Até o presente momento, não há previsão de comercialização no Brasil. Em breve, mais informações.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização