24 de fevereiro de 2024
Viviane Favery - Foto: Gustavo Lovalho / Divulgação

Etapa de Araxá da CIMTB é desafio de Viviane Favery em busca de evolução no XCO

Ciclista radicada em Mogi das Cruzes competirá entre sexta-feira (13) e domingo (15) a prova do País que oferta maior pontuação no ranking internacional do mountain bike

A atleta Viviane Favery (Cannondale Brasil Racing) disputará neste fim de semana a abertura da maior competição de mountain bike das Américas, a Copa Internacional de MTB. O palco da primeira de quatro etapas do evento mais uma vez será o Tauá Grande Hotel, em Araxá (MG), local que recebe a 15ª edição da etapa, entre sexta-feira (13) e domingo (15). Em 2017, Vivi foi a vice-campeã da prova após os três dias de realização e somou 140 pontos no ranking mundial, na disputa que oferta 160 pontos aos campeões das elites.

“Nestes três dias de prova em Araxá quero alcançar meu principal objetivo neste momento, que é juntar a minha força física com a capacidade técnica e a fluidez do mountain bike, algo que senti poucas vezes no cross country olímpico (XCO), e que para mim é um desafio. Nesta etapa da CIMTB é isso que busco, porque estou muito bem fisicamente e me sinto forte, por realizar treinos excelentes recentemente”, destaca Viviane Favery. “Nas últimas três semanas treinei em Campos do Jordão (SP) em alguns circuitos, algo que anteriormente era minha deficiência por eu não treinar especificamente o XCO”, completou.

Foto: Divulgação

“Acredito que para ir bem em Araxá, é importante ter a cabeça boa e assim adquirir confiança a cada dia. Sei que tenho capacidade de andar bem e estou focada mais na minha performance, do que em alcançar alguma posição específica. Me preocupo menos com o resultado que vou alcançar e mais em ter um bom desempenho nos dias de prova”, complementa a atleta, que foi contemplada em 2018 com o Bolsa Atleta.

A programação da abertura da CIMTB em Araxá terá três dias para os ciclistas das Super Elites (Elite e Sub-23), masculina e feminina. A primeira de três corridas será na tarde de sexta-feira, com a largada do contrarrelógio (XCT) às 14h. No sábado (14), será a vez da prova intermediária, o short track (XCC), a partir das 9h30. A prova decisiva do evento, que terá o tempo somado aos dos dias anteriores para a definição dos campeões, terá a largada às 14h do domingo para as super elites, na quarta e última bateria.

“Esta é uma prova que respeito demais. Não apenas pelo nível das concorrentes, mas também porque tem um público muito grande assistindo e dando apoio a nós ciclistas. A Cannondale estará com uma estrutura grande e foquei minhas energias em chegar preparada para competir bem em Araxá. Agora é a hora de procurar o ritmo de competição e esta etapa favorece isso, porque é dividida em três corridas e te possibilita chegar no terceiro dia e último, o principal por ter o XCO, em um ritmo forte”, conta Vivi.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização