20 de junho de 2024
Lucas em ação no Paranaense de DH - Foto: Divulgação

Lucas Borba vence na abertura do Campeonato Paranaense de Downhill

Atleta Shimano Sports Team manteve o alto nível em sua descida decisiva e garantiu seu terceiro título da temporada

Os atletas de mountain bike do Shimano Sports Team foram destaque nas provas da modalidade realizadas neste fim de semana. Em Londrina (PR), o catarinense Lucas Borba garantiu mais uma vitória na temporada, ao conquistar o lugar mais alto do pódio na abertura do Campeonato Paranaense de Downhill. Já em Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo, Wolfgang Olsen (Caloi Avancini Team) foi o vice-campeão da Grande Volta Mairipa, com seu companheiro de equipe Edson Rezende na quarta posição, após dois dias de corrida.

Pódio do Paranaense de Downhill – Foto: Divulgação

Em Londrina, a abertura do Paranaense de Downhill foi vencida por Lucas Borba e válida pelo ranking nacional da modalidade. Após garantir a primeira colocação na etapa qualificatória, Luquinha manteve o alto nível em sua descida decisiva, para garantir o terceiro título da temporada. O ciclista já havia vencido a abertura do Catarinense de Downhill em Ibirama, além da conquista da primeira etapa da Liga Capixaba de Downhill, em Brejetuba.

“Na final, fiz uma descida boa, sem erros e botando força no pedal. Era uma pista um pouco curta, onde qualquer erro custava muito tempo e, com isso, ela se tornava bem explosiva, pedalando bastante. Havia seções com pedras e lama, que deixaram o percurso alucinante. Fiquei feliz com a corrida, com minha descida e com o resultado que obtive em mais essa competição nesta temporada”, comemorou o ciclista, que tem sua bike equipada com o grupo Shimano Saint na sua bike de downhill.

Grande Volta Mairipa – A dupla de ciclistas Shimano presente na Grande Volta Mairipa foi destaque da competição paulista, com bons resultados. Se o fluminense Wolfgang Olsen conseguiu o vice-campeonato após duas etapas sólidas, a primeira com 80 km e a segunda com 49 km, o mineiro Edson Rezende teve que se recuperar de um primeiro dia difícil no evento. O título ficou com Bruno Lemes, mais rápido na soma das provas.

“O fim de semana foi muito bom para mim. O Edson e eu defendemos a segunda e a terceira posições na segunda corrida inteira e conseguimos terminar juntos. Com o resultado, fui o vice-campeão na soma dos dois dias e ele, o quarto. Na abertura meu companheiro teve dois furos de pneu, o que dificultou o seu resultado final. Mesmo assim, ele levou o título de Rei da Montanha no evento. Saímos satisfeitos e contentes com nosso aproveitamento na corrida”, contou Wolfgang.

Colucci em ação na Bahia – Foto: Rafael Farnezi / Mundo Tri

Sprint Triathlon American Cup – Reinaldo Colucci esteve em ação em Salvador (BA), onde o triatleta começou a competir focado no ciclo olímpico da modalidade, com início em maio deste ano. O desafio da vez foi o Sprint Triathlon American Cup, válido pelo ranking internacional de ITU (International Triathlon Union), com as distâncias de 750 m de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida. Entre cerca de 50 triatletas, Colucci foi o sétimo colocado.

“Há anos não tínhamos uma competição com tanto atleta na elite profissional. Eu me posicionei no primeiro grupo da natação e fiz os 20 km do ciclismo agressivo, como de costume. Ao iniciar a corrida, não consegui me manter nas primeiras colocações no pódio. Mesmo assim, corri de forma progressiva e recuperei algumas posições até o fim dos 5 km. Por ser um formato curto, não consegui o pódio, mas marquei pontos importantes no ranking internacional”, destacou Colucci. “Agora passo a focar a etapa de Fortaleza, na próxima semana, que será um triatlo olímpico”, finalizou.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização