1 de março de 2024
Foto: Divulgação / Bike Sem Barreiras

Recife recebe bicicletário voltado para pessoas com mobilidade reduzida

Idealizado pelo Centro Universitário Maurício de Nassau, projeto Bike Sem Barreiras conta com bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência visual, física, mental ou múltipla

No próximo dia 11 de março, o projeto Bike Sem Barreiras, idealizado pela Uninassau – Centro Universitário Maurício de Nassau, passará a atender pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida no Recife Antigo. Os usuários do bicicletário poderão participar do projeto, das 9h às 16h, na ciclofaixa dos arredores do Marco Zero. A iniciativa, que promove saúde, lazer e bem-estar, atendia a população na Praça Edgar Amorim, no bairro da Jaqueira.

Durante a programação, um café da manhã será oferecido. A ação conta com bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência visual, física, mental ou múltipla, e segue com as atividades nos próximos domingos e feriados.

O coordenador de Responsabilidade Social da Uninassau, Sérgio Murilo, destaca a importância de agregar a inclusão social em espaços públicos do Recife. “A ideia é proporcionar para as pessoas com baixa ou nenhuma mobilidade momentos de lazer e integração social. Os equipamentos ficam à disposição da população de forma gratuita e a expectativa é de que mais pessoas participem do projeto”, ressalta.

O Bike sem Barreiras tem como apoio institucional a Aliança de Mães e Famílias Raras (Amar), o Instituto HandsFree e a In Soluções, bem como a Prefeitura do Recife e a Empetur por meio da Secretaria Estadual de Turismo.

Fonte: Uninassau / Bike Sem Fronteiras

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização