15 de junho de 2024
Priscilla Stevaux em ação na competição - Foto: Gabriel Querichelli / Divulgação

Priscilla Stevaux confirma favoritismo e vence a Taça Brasil de BMX

Ladies Power Team garante top 10 da Volta Feminina de San Juan, na Argentina, com o sexto lugar de Maribel Aguirre e o oitavo de Fernanda Yapura, além de comemorar o título de Antonella García na juvenil

Top 8 do mundo no BMX, a sorocabana Priscilla Stevaux (Shimano/Dougtraining/Chase Bicycles) iniciou a temporada de 2018 com o pé direito. Representante do Brasil na Rio 2016, Priscilla confirmou o favoritismo e venceu a Taça Brasil de BMX, disputada na pista do Parque Jacuí, em São Paulo (SP). Na decisão, ela superou a atual campeã brasileira Julia Alves, que ficou com o vice-campeonato. Completaram ainda o top 5 as atletas Maria Tereza Muller, Letícia Martins e Fernanda Maciel.

Pódio feminino Taça Brasil BMX – Foto: Divulgação

“Me senti muito bem durante a Taça Brasil de BMX, em São Paulo. Tenho treinado bastante e, mesmo com uma garoa fina, meu desempenho durante as corridas não foi prejudicado. Na prova decisiva, foquei desde o início até cruzar a linha de chegada. Estou muito feliz com essa vitória, que me dá ainda mais ânimo para me preparar para os eventos internacionais que estão por vir”, comemorou Priscilla Stevaux, ciclista que tem sua bike equipada com componentes DXR da Shimano, de alta qualidade e específicos para o BMX.

Após o título da Taça Brasil de BMX, Priscilla Stevaux começa a treinar para os desafios dos próximos três meses. O primeiro deles será a Copa Latino-Americana na Bolívia, nos dias 10 e 11 de março. Depois será a Copa do Mundo de Supercross, com a abertura em 31 de março e 1º de abril, na França, e as etapas de maio na Holanda (5 e 6) e na Bélgica (12 e 13).

Ladies Power Team em San Juan – Foto: Divulgação

Ladies Power Team – As representantes da equipe Weber Shimano Ladies Power concluíram neste fim de semana a disputa da Volta Feminina de San Juan de 2018, realizada na Argentina. Os principais resultados na classificação geral vieram com Maribel Aguirre e Fernanda Yapura, com a sexta e a oitava colocações, respectivamente. Quem também teve destaque foi Antonella García, em 14º lugar, ciclista que terminou a prova como a melhor juvenil e subiu no lugar mais alto do pódio da categoria.

Novidade neste ano – A Shimano dará destaque especial a suas atletas, com releases, postagens em mídias sociais, eventos, entre outras ações de comunicação específica para o público feminino. O objetivo é difundir ainda mais o ciclismo feminino e dar atenção às ciclistas que crescem em quantidade e nível de profissionalismo a cada temporada.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização