25 de fevereiro de 2024
Foto: Isabela Carrari / Prefeitura de Santos

Bike Santos amplia serviço com 100 novas bicicletas

Apresentadas na manhã deste domingo, novas bikes possuem quadro rebaixado, retrovisor, campainha e câmbio com três marchas

Começaram a circular neste domingo (26) 100 bicicletas do novo padrão do Bike Santos. Também já está liberado o cadastramento dos usuários para adesão aos planos de utilização do serviço, que deve ser feito aqui.

A cobrança de passe vale a partir desta segunda (27), após dois meses de gratuidade concedidos já dentro do novo contrato de gestão do programa firmado entre a CET-Santos e a Serttel Soluções em Mobilidade e Segurança Urbana, vencedora de licitação.

As novas bikes foram apresentadas na manhã deste domingo, na estação do canal 3 com a praia, junto à concha acústica. São em dois tons de verde, têm quadro rebaixado, retrovisor, campainha, três marchas e estampam o nome da empresa que a partir de agora patrocina o programa: Unimed Santos.

Desde a vigência do novo contrato, em 25 de setembro, a operadora manteve 100 bicicletas no sistema. Até o final de dezembro, serão mais 170 para totalizar frota de 370 unidades.

Foto: Isabela Carrari / Prefeitura de Santos

Aprovação – Ao acompanhar a entrega das unidades, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa destacou que o Bike Santos é um programa aprovado pela população e, por isso, a Prefeitura tem procurado ampliá-lo e aperfeiçoá-lo. “Eram 10 estações e aumentamos para 37, levando também o programa para a Zona Noroeste”.

Conforme o presidente da CET-Santos, Rogério Vilani, a instituição do passe visa principalmente favorecer a preservação, fazendo com que o usuário se aproprie do serviço prestado e fique atento a atos de vandalismo.

O aspecto saudável do Bike Santos foi ressaltado pelo diretor presidente da Unimed-Santos, Claudino Guerra Zenaide. “Esse é um programa que está acessível à população em geral e tem relação com saúde e prevenção”, disse observando ser esse o objetivo também da cooperativa que vai completar 50 anos em dezembro – a unidade de Santos foi a primeira do País.

O serviço – Ao se cadastrar pelo site, o usuário poderá optar por uma modalidade de passe, pagando com cartão de crédito: diário, R$ 5,00; mensal, R$ 10,00; semestral, R$ 50,00 (valor mês cai para R$ 8,33) e o anual a R$ 90,00 (mensal fica em R$ 7,50).

As bikes podem ser retiradas todos os dias, entre 6h e 23h, para viagens de 45 minutos com intervalos de, no mínimo, 15 minutos. Não há limite de número de viagens, desde que respeitadas as regras.

Com a reformulação do aplicativo do serviço, além do mapa das 37 estações, o usuário tem agora uma série de informações online, como quantidade de bikes e vagas em cada uma; aquela mais próxima do local onde ele está. Mais: em um campo específico, pode informar sobre eventuais problemas no sistema: estação fora de serviço, sem vagas, sem bike, vandalismo etc.

Fonte: Prefeitura de Santos

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização