1 de março de 2024
Evandro Portela e sua bicicleta - Foto: Eric Steudel / Só Carrão

Brasileiro tenta quebrar recorde mundial pedalando a 200 km/h

Ciclista curitibano Evandro Portela irá realizar a tentativa em uma bicicleta de série adaptada, no vácuo de um carro em alta velocidade

No próximo dia 26 de novembro o ciclista profissional Evandro Portela tentará entrar para a história ao estabelecer um novo recorde mundial de velocidade a bordo de uma bicicleta de estrada de série.

Evandro, que em julho deste ano alcançou a marca de 184 km/h tentará romper a marca dos 200 quilômetros por hora. Para a realização do feito, uma grande estrutura será montada no km63 da Rodovia BR 277, no estado do Paraná, onde em uma estrutura de segurança e apoio montada pela Ecovia, Polícia Rodoviária Federal, DER e Prefeitura de São José dos Pinhais, o ciclística curitibano pedalará no vácuo de um carro em alta velocidade.

“Depois de competir profissionalmente entre 1990 e 2000 e somar cinco circuitos europeus e muitas conquistas, passei a treinar ciclismo em velocidade extrema. Sempre fui ousado com a bike, mas tenho muito controle. Agora quero bater o recorde mundial e chegar a 200 km/h. É um antigo sonho que está se realizando, fruto de muito trabalho e dedicação”, conta o curitibano Evandro, que chega a treinar cerca de 800 quilômetros por semana.

O Desafio – Para encarar o desafio, Evandro utilizará uma bicicleta de estrada comum de série, da marca Giant, em fibra de carbono, cujo maior destaque é o conjunto pedivela / coroa customizados, que proporciona uma impressionante relação máxima de 10 x 100 dentes. Nesta configuração, para cada volta do pedivela, a bicicleta percorre 27 metros.

O trocador de marchas também foi modificado, realocado na ponta da curva do guidão, de forma ser acionado com o ciclista se mexendo o mínimo possível, de forma a não quebrar o fluxo de ar.

Curiosamente. as rodas são de alumínio, de perfil comum (não aero). Segundo Evandro, este modelo é mais pesada e, portanto, mais estáveis do que as de carbono.

Os rolamentos das rodas e do movimento central da bicicleta são cerâmicos, de baixíssimo atrito. Os pneus utilizados são o Grand Prix 4-Season, da Continental. A roupa, da Mauro Ribeiro Sports, foi especialmente desenvolvida para ser o mais aerodinâmica possível.

Na tentativa, Evandro iniciará a pedalada aumentando a velocidade de forma gradativa, até que um veículo especialmente modificado para proporcionar o vácuo necessário o ultrapasse a 50 km/h. O carro, um Subaru WRX 4X4 350 CV turbo, é estruturado com uma carenagem de acrílico para que o ciclista seja favorecido com a quebra da barreira do vento.

Em seguida, Evandro entrá no vácuo da carenagem e ganhará velocidade em conjunto com o automóvel até a marca dos 200 km/h. 

Para garantir a segurança do ciclista, o carro será pilotado por um motorista experiente nesta operação, já que qualquer movimento brusco poderá desestabilizar a bicicleta.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização