29 de maio de 2024
O novo sistema de frenagem automática da Bosch detecta automaticamente a presença de ciclistas

Bosch apresenta sistema que informa o motorista sobre a presença de bicicletas

Em caso de risco de atropelamento. sistema iBooster inicia o processo de frenagem completa em apenas 190 milissegundos – menos tempo que uma pessoa leva para piscar duas vezes

Um ciclista aparece do nada e, de repente, cruza a rodovia. Distraído enquanto procura uma vaga para estacionar, o motorista não tem tempo hábil para evitar o que parece ser um desastre. No entanto, o novo sistema de frenagem automática de emergência da Bosch, com detecção de ciclista, freia o veículo completamente a uma velocidade de até 40 km/h.

Assim que o radar ou o sensor de vídeo do sistema de frenagem automática detecta uma colisão iminente, o iBooster da Bosch inicia o processo de frenagem completa em apenas 190 milissegundos – menos tempo que uma pessoa leva para piscar duas vezes. “Os sistemas de assistência ao condutor são o próximo passo na busca pela direção livre de acidentes”, afirma Dr. Dirk Hoheisel, membro da direção mundial da Bosch. “Estes assistentes eletrônicos estão sempre vigilantes e, em casos de emergência, respondem mais rápido do que uma pessoa faria, pois oferecem suporte justamente onde a motorista mais precisa: no trânsito pesado das cidades”, explica.

Os sistemas de frenagem automática são muito úteis, especialmente quando se trata de ciclistas e pedestres, os mais vulneráveis no tráfego urbano.

Arte: Divulgação / Bosch

Proteção onde mais se precisa – Na Alemanha, ciclistas estão envolvidos em um quarto de todos os acidentes com lesão corporal. De acordo com o Escritório Federal de Estatísticas da Alemanha, 393 pessoas foram mortas em acidentes deste tipo somente em 2016, que representa cerca de 12% do total de mortes nas estradas do país. Desse número, dois terços envolvem veículos.

Equipar todos os carros na Alemanha com um sistema de frenagem de emergência com detecção de ciclistas pode evitar quase metade (43%) dos acidentes entre bicicletas e veículos motorizados, que resultam em lesão corporal, ou, pelo menos, diminuir a gravidade deles. “Um sistema de frenagem de emergência pode reduzir crucialmente a distância de parada e, que pode representar a diferença entre a vida e a morte”, diz Gerhard Steiger, presidente da divisão Chassis System Control da Bosch.

O Programa Europeu de Avaliação de Carros Novos (Euro NCAP) também reconheceu a importância dos sistemas de frenagem de emergência para a segurança nas ruas e estradas. A partir de 2018, a Associação de Proteção ao Consumidor irá incluir a frenagem de emergência com detecção de ciclistas em seu sistema de classificação de estrelas. Já o sistema de frenagem para pedestres faz parte deste ranking desde 2016.

Radar oferece visão constante além dos ombros – Os sensores de radar traseiros de médio alcance da Bosch monitoram as mudanças de faixa na rodovia e também ajudam a evitar que o motorista cometa um erro perigoso: abrir a porta do veículo – após estacionar – sem olhar para ver se há ciclistas ou motociclistas próximos. O aviso de saída do carro da Bosch pode auxiliar nestes casos, visto que é ativado em todas as portas do veículo e avisa os ocupantes – mesmo que o motor já tenha sido desligado há vários minutos – se outros condutores estão se aproximando da traseira ou que já estejam ao lado dela.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização