29 de maio de 2024
71ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho - Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

71ª edição da Prova Ciclística 9 de Julho é atração neste domingo

Mais tradicional e importante disputa da América Latina reunirá atletas em três categorias

O melhor do ciclismo nacional estará reunido em São Paulo no próximo domingo. O motivo é a realização da 71ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho, uma das mais tradicionais e importantes disputas do calendário nacional. Atletas de três categorias, Aspirante, Federado e Elite, enfrentarão o desafio por ruas e avenidas de São Paulo, com largada e chegada na Avenida Lineu de Paula Machado, em frente ao Jockey Club de São Paulo.

O pelotão aspirante abrirá a programação, com largada às 6h45 e um circuito de 45,4 km. A elite masculina sairá às 9h para um percurso total de 113,5km. Logo em seguida, às 9h02, os atletas federados irão percorrer 90,8 km. O pelotão feminino (elite e federado) terá a largada às 9h05 para cobrir o trajeto total de 68,1km.

Neste sábado, 8 de julho,  a organização realizará o último Congresso Técnico para os atletas inscritos. As apresentações serão realizadas das 10 às 17h, no Teatro Cásper Líbero, localizado na Avenida Paulista, 900. O evento é obrigatório aos competidores da categoria aspirante, mas também é aberto a federados e profissionais.

A Prova Ciclística 9 de Julho é uma das principais atrações do calendário esportivo da cidade de São Paulo e a cada temporada vem registrando novos feitos. O ano de 2015 marcou a volta da Prova às ruas de São Paulo. Em 2016, alcançou o número de 2.129 participantes e, com isso, passou a ser a prova ciclística com o maior número de participantes no Brasil.

Na edição passada, Joel Prado Júnior (Green Bike/Piracicaba) garantiu o bicampeonato, enquanto, entre as mulheres, a paranaense Daniela Lionço (Funvic Soul Cycles/São José dos Campos), levou a melhor e conquistou o primeiro título na disputa.

A 71ª Prova Ciclística Internacional 9 de Julho é uma realização da Gazeta Esportiva, com promoção da Fundação Cásper Líbero e organização técnica da Federação Paulista de Ciclismo. 

Programação

1ª bateria - Aspirante Masculino - 2 voltas de 22,7km, com total de 45,4km

  • Concentração: 6h00 | Largada: 6h45 | Limite para conclusão: 08h45

2ª bateria - Aspirante Feminino - 2 voltas de 22,7km, com total de 45,4km

  • Concentração: 6h00 | Largada: 6h50 | Limite para conclusão: 08h45

3ª bateria - Elite Masculino - 5 voltas de 22,7km, com total de 113,5km

  • Concentração: 8h45 | Largada: 9h00 | Previsão de término: 11h24

4ª bateria - Federado Masculino - 4 voltas de 22,7km, com total de 90,8km

  • Concentração: 8h45 | Largada: 9h02 | Previsão de término: 11h12

5ª bateria - Elite Feminino e Federado Feminino - 3 voltas de 22,7km, com total de 68,1km

  • Concentração: 8h45 | Largada: 9h05min. Previsão de término: 11h06
  • Pódio Premiação – A partir das 11h30

Percurso

(Cada volta 22,7km)

  •  Largada: Av. Lineu de Paula Machado, sentido USP/Morumbi, junto à Praça Prof. Maestro Cardim
  • Av. Lineu de Paula Machado (USP/Morumbi)
  • Praça Prof. Américo de Moura
  • Av. dos Tajurás (B/C)
  • Ponte Cidade Jardim (Roberto Rossi Zuccolo) (B/C)
  • Av. Cidade Jardim (B/C)
  • R. Brig. Haroldo Veloso (Cid. Jardim/J.K.)
  • Av. Henrique Chama (B/C)
  • Av. Henrique Chama (B/C) (contra-mão entre R. Prof. Geraldo Ataliba e Av. J.K.)
  • Av. Pres. Juscelino Kubitschek (Marginal/Ibirapuera)
  • Túnel Tribunal de Justiça (Marginal/Ibirapuera)
  • Av. Antônio Joaquim de Moura Andrade (Marginal/Ibirapuera)
  • Retorno Túnel Ayrton Senna
  • Av. Antônio Joaquim de Moura Andrade (Ibirapuera/Marginal)
  • Túnel Tribunal de Justiça (Ibirapuera/Marginal)
  • Av. Pres. Juscelino Kubitschek (Ibirapuera/Marginal)
  • Túnel Pres. Jânio Quadros (J.K./Jóquei)
  • Av. Lineu de Paula Machado (Morumbi/USP)
  • Túnel Dr. Euryclides de Jesus Zerbini (Morumbi/USP)
  • Av. Valdemar Ferreira (Morumbi/USP)
  • Praça Vicente Rodrigues
  • Av. Afrânio Peixoto (Morumbi/USP)
  • Rua Alvarenga (B/C) (contra-mão entre Av. Afrânio Peixoto e Ponte Cidade Universitária)
  • Ponte Cidade Universitária (USP/Panamericana)
  • Av. Prof. Manuel José Chaves (USP/Panamericana)
  • Praça Panamericana
  • Av. Pedroso de Morais (CEASA/Pinheiros)
  • Retorno junto à Av. Prof. Frederico Hermann Junior
  • Av. Pedroso de Morais (Pinheiros/CEASA)
  • Praça Panamericana
  • Av. Prof. Fonseca Rodrigues (Pinheiros/CEASA)
  • Retorno próximo à Praça Apecatu, entre a R. Ubiracica e R. Anatólia
  • Av. Prof. Fonseca Rodrigues (CEASA/Pinheiros)
  • Praça Panamericana
  • Av. Prof. Manuel José Chaves (Panamericana/USP)
  • Ponte Cidade Universitária (Panamericana/USP)
  • Rua Alvarenga (C/B)
  • Av. Afrânio Peixoto (USP/Morumbi)
  • Praça Vicente Rodrigues
  • Av. Valdemar Ferreira (USP/Morumbi)
  • Túnel Dr. Euryclides de Jesus Zerbini (USP/Morumbi)
  • Av. Lineu de Paula Machado (USP/Morumbi)
  • Chegada: Av. Lineu de Paula Machado, sentido USP/Morumbi, junto à Praça Prof. Maestro Cardim

Resultados da 70ª edição

Masculino

  1. Joel Candido Prado Junior (Green Bike/Piracicaba), 2h06min47seg
  2. Bruno Tabanez (Osasco Cycling Team/Penks), 2h06min47seg
  3. Roberto Pinheiro da Silva (Funvic Soul Cycles Team/ Carrefour), 2h06min47seg
  4. Gideoni Monteiro (Memorial/Santos/Fupes), 2h06min47seg
  5. Cristian Egídio da Rosa (Clube Dataro de Ciclismo), 2h06min47seg

Feminino

  1. Daniela Lionço (Funvic Soul Cycles Team/ S.J. Campos), 2h15min27seg
  2. Luciene Ferreira da Silva (Weber Shimano Ladies Power), 2h15min27seg
  3. Wellyda dos Santos (Memorial/Santos/Fupes), 2h15min27seg
  4. Thayná de Lima (MU SUB 23/Santos), 2h15min27seg
  5. Camila Coelho Ferreira (Memorial/Santos/Fupes), 2h15min27seg

Sobre a Prova

Instituída em 1932 pelo jornalista Cásper Líbero em homenagem à Revolução Constitucionalista e realizada pelo jornal A Gazeta Esportiva a partir de 1933, a Prova Ciclística 9 de Julho é um patrimônio do esporte brasileiro. O evento tornou-se um marco na modalidade, sendo objeto de desejo dos atletas e equipes. Ao longo dos anos, os principais nomes do país e destaques do exterior prestigiaram o evento, colocando-o em um lugar de destaque nos cenários nacional e internacional. Em 2016, a “9 de Julho” passou a ser a Prova Ciclística com o maior número de participantes no Brasil, com o total de 2.129 competidores.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização