18 de abril de 2024
Picos Pro Race 2016 - Foto: Divulgação

Campeões brasileiros disputam o Picos Pro Race em julho

Ciclistas de todo o país encaram o duro percurso de 80km de trilhas inéditas da região montanhosa da cidade de Picos, na região sul do estado do Piauí

Será realizada nos próximos dias 1 e 2 de julho uma das mais tradicionais provas de MTB Maratona do Nordeste, a Picos Pro Race 2017. Válida como etapa do Campeonato Piauiense de MTB XCM, a prova conta como pontuação para o ranking nacional classe XCM1 da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

Os atletas de todo o Brasil já confirmaram presença para encarar os 80km duros e técnicos em trilhas inéditas da região montanhosa da cidade de Picos, localizada na região sul do estado do Piauí.

Quem já está treinando muito para enfrentar o desafio é Daniel Zoia, da equipe Audax Bike/FSA/Marzocchi. O mineiro encara a prova com o companheiro de equipe, Francisco Édio, de Teresina. “Estou na fase de finalização, pois venho fazendo uma sessão de provas e o Picos Pro Race vai ser a última para fechar o ciclo. Vou chegar aí em uma excelente forma física e junto com meu companheiro de equipe, Francisco Édio, que estará com a gente na prova, vamos traçar uma estratégia para ficarmos em primeiro e segundo lugar na competição e fazer uma dobradinha para a minha equipe”, disse Daniel.

Daniel Zoia – Foto: Divulgação

A dupla chega em Picos na quinta-feira, 29, para sentir o clima da região. “O clima é um fator importante, por isso a chegada com antecedência. Já corri em Picos no Brasileiro de Moutain Bike e ainda a largada do rally Cerapió, sei das dificuldades climáticas da região e vamos fazer uma prova bem consciente para que eu e Francisco possamos ficar na primeira e segunda colocações”, analisa o atleta.

A última prova que Zoia participou foi no final de semana passado, onde participou do 70 Km de Brasília, prova conhecida em todo o território nacional, onde finalizou na segunda colocação. Em 2016, foi campeão do Rally Cerapió  e este ano ficou na segunda colocação do mesmo evento, o Piocerá (anos ímpares),  campeão do Desafio dos Rochas, em Santa Catarina, Desafio da Serra da Bodoquena, em Mato Grosso, todos no estilo maratona, o mesmo do Picos Pro Race. Fechou na terceira colocação o ranking nacional de cross country no ano passado.

Sharlys Silva - Foto: Gessiel Lira / Divulgação
Sharlys Silva – Foto: Gessiel Lira / Divulgação

Quem também participa da competição é o paraibano Sharlys Silva. Em sua estreia no Picos Pro Race, a expectativa é garantir pontuação para o ranking nacional. “É uma prova de grande porte, grande nível. Sei que terá a participação de atletas profissionais e espero fazer um bom resultado”, disse o atleta da equipe Wetek Bikesystem, que compete na categoria Elite.

Sharlys tem um histórico de vitórias nos 13 anos de ciclismo. Entre as principais e mais recentes ele destaca: pentacampeão paraibano, bicampeão da maratona Cabra da Peste, maior prova da Paraíba, bicampeão MTB do Trabalhador de Santa Cruz do Tambaribe (PB), campeão do Rally 40 Graus no Piauí.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização