12 de abril de 2024
Paula Gallan ficou em segundo lugar no Desafio de MTB do Morro do Chapéu - Foto: Divulgação

Equipe Isapa/Oggi de MTB brilha em provas na Bahia e em São Paulo

Aline Simões, Kennedi Lago, Paula Gallan e Thales Felipe garantem lugar no pódio neste último fim de semana

Neste final de semana ocorreu o Desafio de MTB do Morro do Chapéu, Bahia. A prova soma pontos para os rankings estadual e nacional de XCM e ocorreu em etapa única num percurso de 48 km e 600m de altimetria. O jovem Thales Felipe, da equipe Isapa/Oggi se sagrou campeão da categoria Jnior. “Os melhores atletas do estado estavam presentes. Sofremos muito com o forte vendo no estradão, mas consegui abrir uma boa vantagem no km 15, me sagrando Campeão Baiano de XCM e Bicampeão do Desafio do Morro do Chapéu”, conta Thales Felipe, que completou a prova com o tempo de 1h40min.

No Feminino, Paula Gallan ficou em segundo lugar na categoria Elite com um tempo de 2h30 num percurso de 62 km e com 900 metros de altimetria. “Larguei em um ritmo forte, conseguindo abrir uma boa vantagem das demais atletas, mantendo a liderança até o km 29. Depois disso as pernas começaram a não responder, até que fui alcançada pela atleta que vinha logo em seguida e assim perdi a posição”, revela a atleta.

Kennedi Lago – Foto: Divulgação

Na Elite Masculina, o título ficou com o baiano Kennedi Lago. “A prova foi bem competitiva e estratégica, exigindo muito do corpo e da mente. Na serra mais longa e dura o pelotão separou, restando apenas outro atleta e eu. Seguimos numa boa disputa até a chegada, onde decidimos no sprint final e levei a melhor, finalizando na 1ª colocação com o tempo de 2h09min, me consagrando Campeão Baiano de 2017 de maratona e bicampeão do Desafio Morro do Chapéu. Ele finalizou a prova com um tempo de 2h09 num percurso de 62 km e 900 metros de altimetria.

Outra atleta da equipe, Aline Simões, foi campeã da 2ª. Etapa da Copa MTB Desafio Rural, realizada em Nazaré Paulista (SP) – categoria Pro-Elite Feminino, com o tempo de 4h13min num percurso total de 64 km com 1.890 metros de subidas. “O percurso foi muito pesado, contando com muitos singletracks e trechos técnicos, além de subidas e descidas íngremes. Fiz uma largada forte e consegui abrir uma pequena vantagem nas duas primeiras serras. Depois consegui me manter bem até o final”, relata a atleta.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização