24 de abril de 2024

Shimano (finalmente!) se rende ao link removível para correntes de transmissão

Disponível para correntes de 11 velocidades, novo Quick-Link SM-CN900-11 já pode ser encontrado nas lojas dos Estados Unidos e Europa

Após anos insistindo na superioridade do uso de seus pinos de reposição sobre os sistemas de engate rápido produzidos por seus concorrentes, a gigante japonesa Shimano disponibilizou seu próprio modelo de link de montagem para correntes de transmissão.

Apresentado pela primeira vez em agosto do ano passado, o novo Quick-Link SM-CN900-11 é compatível com corrntes de 11 velocidades e já pode ser encontrado nas lojas dos Estados Unidos e Europa ao preço médio de 5,5 dólares. Como na maioria dos produtos do catálogo da Shimano, estima-se que o Quick-Link desembarque em breve também no Brasil.

Novo Quick-Link SM-CN900-11

Apesar do design levemente diferenciado, o novo Quick-Link da Shimano funciona exatamente como os sistemas de engate rápido para correntes de seus concorrentes KMC, SRAM, SunRace e outros: Duas placas externas, cada uma com um pino em uma das extremidades e um orifício na outra, que encaixam para unir a corrente sem a necessidade de utilizar ferramentas. Para desconectá-lo, utiliza-se um alicate especial.

Assim como nas correntes de transmissão de linha de linha intermediária / alta gama do fabricante, o novo Quick-Link utiliza a tecnologia Sil-Tec, revestimento especial que incorpora partículas de flúor em sua superfície, resultando em um funcionamento mais suave, menor desgaste e níveis de ruído, além de acumular menos partículas de sujeira.

Comparativo entre correntes e links com e sem revestimento Shimano Sil-Tec

Função de deslizamento na rotação -60%
Ruído -27dB
Função de autolimpeza +30%
Resistência ao desgaste e à abrasão +20%

Praticidade – Embora não sejam nenhuma novidade – links removíveis para correntes de bicicleta são utilizados há décadas por diversos fabricantes -, a Shimano sempre tratou o componente com reservas, ressaltando que sua adição à corrente de transmissão adicionaria um ponto fraco à mesma. Em seu lugar, o fabricante japonês até então sempre recomendou o uso de pinos de reposição, mais resistentes, porém menos práticos de se utilizar.

Disponibilizado por fabricantes como a SRAM, a KMC e a SunRace, os links de engate rápido são baratos, pequenos e fáceis de utilizar, podendo ser de uma enorme utilidade em situações como uma quebra de corrente no meio de uma trilha ou em casa, facilitando a desmontagem da corrente por ocasião da manutenção de rotina da bicicleta.

Para desmontar o link, é necessária a utilização de um alicate especial, produzido pelos principais fabricantes de ferramentas para bikes como a Park Tool, a Birzman e a IceToolz. Curiosamente, a própria Shimano, através de sua subsidiária Pro, disponibiliza uma ferramenta deste tipo muito antes do lançamento oficial do Quick-Link SM-CN900-11.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização