19 de maio de 2024
Sede da Tesla Motors em Palo Alto, Califórnia

Fabricante de automóveis bonificará funcionário que for trabalhar de bicicleta

Medida de incentivo pretende desafogar o estacionamento da Tesla Motors, que está com sua capacidade esgotada e é responsável por boa parte dos casos de atrasos e estresse dos funcionários

O fabricante de automóveis elétricos Tesla anunciou que irá bonificar financeiramente todos os seus funcionários que forem trabalhar de bicicleta.

A decisão da montadora, que é referência mundial na produção de veículos automotivos elétricos de alto desempenho, vai além do mero incentivo à prática da mobilidade sustentável: De acordo com o CEO da empresa Elon Musk, o principal motivo para a aposta nas bicicletas é pura e simplesmente a falta de vagas para automóveis no estacionamento da sede da Tesla, em  Palo Alto, Califórnia. Atualmente, o complexo possui capacidade para 4.500 vagas, enquanto que o número de funcionários de empresa é de mais de seis mil trabalhadores, cuja maioria utiliza o automóvel para se locomover ao trabalho.

A situação atual é tão caótica que Musk admitiu recentemente que a atual situação tornou-se um dos maiores pesadelo da empresa, responsável por boa parte dos casos de atrasos e estresse dos funcionários.

Na busca de alternativas, a Tesla criou campanhas de incentivo à carona solidária, uso de transporte público e, evidentemente, o uso da bicicleta.

Exemplos – A Tesla Motors não é a primeira empresa que decide bonificar funcionários que optem por se deslocar de bicicleta ao trabalho. Desde dezembro de 2015, a França conta com uma lei que estipula uma bonificação de até 200 euros por ano para todo trabalhador que utilize a bike para ira trabalhar. Seguindo o exemplo, a cidade italiana de Massarosa passou a utilizar mecanismo semelhante. Na Espanha, a empresa Liberty Seguros está fazendo uso de uma iniciativa similar.

No Brasil, o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, sancionou um projeto de lei que prevê que pessoas que usarem bicicleta como meio de transporte para ir ao trabalho recebam incentivos financeiros. A nova lei, que ainda aguarda regulamentação pela Câmara Municipal da cidade, prevê que créditos obtidos pelos ciclistas poderão ser convertidos em bens e pagamentos de serviços públicos. 

Já em Salvador (BA), desde fevereiro deste ano funcionários da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação de Salvador (BA) que utilizarem a bicicleta como meio de transporte para até o trabalho poderão garantir um dia de folga mensal sem precisar negociar horários com a chefia.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização