23 de abril de 2024
Foto: Léo Shibuya / MBraga Comunicação

Anderson de Souza Filho e Thaynara Chaves vencem a Copa América de Downhill / 4x

Atletas mineiros deram show na disputa realizada no Ski Mountain Park, em São Roque

Os brasileiros brilharam na nona edição da Copa América de Downhill / 4X, realizada na manhã chuvosa deste domingo (22), na pista do Ski Mountain Park, em São Roque, no interior de São Paulo. Os mineiros Anderson de Souza Filho, de Varginha, e Thaynara Chaves, de Betim, venceram a competição que abriu o calendário nacional de ciclismo. Anderson, quarto colocado no ano passado, marcou o tempo de 1min10seg379 para a pista de 700m, enquanto Thaynara, vice em 2016, derrotou a tricampeã Julia Santos com o tempo de 1min27seg581. Ao todo, cerca de 135 pilotos, de cinco países, participaram do evento.

Foto: Sérgio Shibuya / MBraga Comunicação

A nona edição da Copa América de Downhill / 4x movimentou o ciclismo radical nacional neste fim de semana. Mesmo com o tempo chuvoso, pista pesada e escorregadia, os pilotos não se intimidaram e fizeram bonito, com descida com média de 58km/h. Sem se importar com os estrangeiros, os pilotos nacionais conseguiram se destacar no Masculino.

Pódio Masculino – Foto: Sérgio Shibuya / MBraga Comunicação

Melhor tempo da classificatória, o mineiro Anderson de Souza Filho, o Andinho, quatro vezes campeão nacional de BMX, manteve o ritmo até o final, superando os adversários e garantindo o título em sua segunda participação na competição. “Consegui andar bem desde o começo e isso me motivou para as baterias finais. Uma pista muito dura que exige o máxima de todos”, destacou o piloto.

Com relação ao segredo para o bom desempenho, ele destacou os treinos. “Tem de treinar muito. Depois do ano passado, coloquei na cabeça que tinha de treinar muito e fiz isso. Queria agradecer a todos, em especial à minha família”, finalizou.

Pódio Feminino – Foto: Sérgio Shibuya / MBraga Comunicação

Feminino – A briga pelo título no Feminino reuniu apenas pilotos do Brasil. Isso, entretanto, não impediu de uma boa briga desde a primeira bateria. Na decisão, a favorita Júlia Alves, com três títulos, acabou sendo superada por Thaynara Chaves, invertendo o resultado do ano anterior. A campeã, de 22 anos, ainda tem no currículo cinco títulos nacionais de BMX, que confirma sua alta qualidade técnica.

“Feliz para caramba. É inacreditável chegar mais uma ano na final e conseguir vencer. Enfrentei adversárias muito fortes, o que torna essa conquista ainda mais emocionante. Agora é focar na temporada e buscar novos resultados”, destacou Thaynara.

Foto: Léo Shibuya / MBraga Comunicação

Resultados 2017 – Baterias finais

Masculino

  1. Anderson Ezequiel de Souza Filho (BRA), 1min10seg379
  2. Lucas de Borba (BRA), 1min14seg858
  3. Gabriel Giovannini (BRA), 1min16seg499
  4. Mario Jarrin (EQU), 1in18seg824, 1min17seg738

Feminino

  1. Thaynara Chaves (BRA), 1min27seg581
  2. Júlia Santos (BRA), 1min39seg254
  3. Anabela Augusto de Souza (BRA), 1min40seg206
  4. Mariana dos Santos Lopes (BRA), 1min41seg878

Campeões

  • 2002 – Robson “Urubu” Santos (BRA)
  • 2003 – Robson “Urubu ” Santos (BRA)
  • 2003 – Robson “Urubu” Santos (BRA)
  • 2005 – Sebastián Vasquez (CHI)
  • 2006 – Doron Cattoni (BRA)
  • 2014 – Lucas Borba (BRA) e Julia Santos (BRA)
  • 2015 – Enrique Genova (CHI) e Júlia Santos (BRA)
  • 2016 – Thiago Boaretto (BRA) e Júlia Santos (BRA)
  • 2017 – Anderson de Souza Filho (BRA) e Thaynara Chaves (BRA)
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização