23 de abril de 2024
Pará no pódio - Foto: Wesley Kestrel / CBC

Estado do Pará é pentacampeão da Copa Norte-Nordeste de Ciclismo de Estrada

Ciclistas pedalaram forte neste domingo (20) durante a prova de circuito que encerrou a programação da competição

Após dois dias de disputas intensas, os ciclistas concluíram o terceiro e último dia da 39ª edição da Copa Norte-Nordeste de Ciclismo de Estrada 2016. A prova de circuito encerrou a programação e o título geral foi para o estado do Pará, que acumulou 176 pontos, contra 76 pontos do Amazonas, segundo colocado, e 58 pontos de Roraima, terceiro.

“Fizemos uma excelente preparação para disputar a Copa Norte-Nordeste. Chegamos muito focados e toda a delegação está de parabéns pelo esforço e dedicação. Fizemos resultados em todas as categorias, incluindo as categorias de base, e isso deixa claro o bom trabalho que realizamos. Estou muito contente pelo quinto título do Pará na Copa Norte-Nordeste e quero agradecer a todos pelo apoio”, declarou Edilson Kramer, presidente da Federação Paraense de Ciclismo (FPC).

As disputas nas provas de circuito foram acirradas em todas as categorias. Na Elite Masculina, a rivalidade entre Pará e Amazonas ditou o ritmo da prova. Depois de várias tentativas de fuga, um grupo com seis ciclistas se destacaram na liderança e levaram a decisão para o sprint final, onde a vitória ficou com o paraense Ageu Filho, seguido pelos amazonenses Jorge Farias e Erlane da Cruz, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

No Feminino, mais uma vez prevaleceu a potência da ciclista roraimense Tatielle Valadares, que conquistou a sua terceira medalha no evento, após ser prata no contra-relógio e ouro na prova de resistência. Tatielle comemorou a vitória com direito à dobradinha para o estado de Roraima, com Alisiane Tobias da Silva finalizando o percurso na segunda posição. A amazonense Rebeca Fonseca completou o pódio com o bronze.

Na categoria Junior, mais uma dobradinha do pódio, dessa vez para o estado do Pará. Os ciclistas Otavio Henrique e Lucas Ferreira garantiram ouro e prata, respectivamente, seguidos por Kayo Fonseca, do Amazonas, conquistando a medalha de bronze. Os paraenses também dominaram o pódio na Juvenil com Alan Ferreira terminando em primeiro e Vitor Branco em segundo. Ewerthon Coelho terminou em terceiro.

O alto nível das disputas estendeu também entre os atletas mais experientes da competição, que proporcionaram momentos de alta competitividade. Na categoria Master A1, Jefferson Pereira (Amazonas) sagrou-se campeão, enquanto Ademilton Santos (Alagoas) levou o ouro na Master A2. Fabio Martins (Pará) foi o primeiro colocado na Master B1. Gilson Martins venceu na Master B2, Alaerte Kottwitz (Rondônia) na Master C1 e Antonio Rodrigues (Acre) na Master C2. O paraense Eliseo Zanon ficou com o título na categoria Veteranos.

Aquiles Prado, presidente da Federação Roraimense de Ciclismo, destacou a importância de organizar a Copa para a evolução e fomento do ciclismo da região, e ainda comemorou muito o resultado inédito para o Estado na classificação geral.

“Foi um grande desafio encarar a organização de um evento desta magnitude, mas o apoio da confederação e da equipe de trabalho garantiu tranquilidade para tudo sair dentro do previsto. A copa é um evento que jamais podemos deixar ser enfraquecido. Eu considero a competição como uma das principais ferramentas de fomento e desenvolvimento da modalidade para as regiões norte e nordeste. Mesmo quando a sede é longe sempre estamos presentes, então agradeço de coração a todas as delegações que participaram e deixo claro a minha felicidade com um resultado inédito conquistado por Roraima conquistando a quinta colocação na classificação geral”, celebrou Aquiles.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização