19 de maio de 2024

Portugal sedia encontro de “Cientistas pelo Ciclismo”

Encontro irá reunir na cidade de Aveiro palestrantes da Europa, EUA e Brasil para debater os benefícios das bicicletas para o meio ambiente

A cidade portuária de Aveiro, em Portugal será palco hoje da conferência Scientists for Cycling, evento organizado pela European Cyclists’ Federation, em conjunto com a Universidade de Aveiro (UA) e a ABIMOTA – Associação Nacional das Indústrias de Duas Rodas.

No total serão 50 oradores de doze países – Bélgica, Brasil, Alemanha, Espanha, França, Grécia, Itália, Polônia, Portugal, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos, que irão debater temas como ‘O ciclismo como resposta aos objetivos globais da Nações Unidas’ e ‘Mudanças Rápidas’.

No primeiro tema, serão esclarecidos os benefícios do uso da bicicleta em nível global, centrando a reflexão na avaliação dos impactos no aquecimento global, qualidade de vida urbana, saúde, inovação e crescimento econômico. Por sua vez, na temática ‘Mudanças Rápidas’, serão examinadas as alterações provocadas em alguns países por projetos relacionados com a promoção do uso da bicicleta como meio de mobilidade urbana.

No encontro haverá ainda tempo para uma visita à ABIMOTA, para conhecer a iniciativa Portugal Bike Value. Também será lançada uma exposição itinerante de ilustradores nacionais e internacionais, promovida pelo Compromisso pela Bicicleta e pela Livraria Gigões e Anantes.

Não é por acaso que Aveiro recebe este evento, pioneira no país no incentivo ao uso da bicicleta.Há 15 anos atrás, a cidade portuária situada na região central de Portugal criou a iniciativa conhecida como BUGA (Bicicleta de Uso Gratuito em Aveiro), sistema de compartilhamento público de bikes.

A cidade portuguesa de Aveiro foi uma das precursoras do sistema de compartilhamento público de bicicletas no páis - Foto: Divulgação / BUGA
A cidade portuguesa de Aveiro foi uma das precursoras do sistema de compartilhamento público de bicicletas no páis – Foto: Divulgação / BUGA

No início de 2016, a União Europeia disponibilizou 5,3 milhões de euros em fundos comunitários para que 10 universidades portuguesas desenvolvessem projetos de incentivo ao uso da bicicleta. Também a Câmara Municipal de Lisboa anunciou, na mesma altura, um orçamento de 29 milhões de euros para investir num projeto de compartilhamento de bicicletas. Vale a pena relembrar igualmente que Portugal é o terceiro maior produtor mundial deste veículo de duas rodas.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização