22 de abril de 2024
Reinaldo Colucci - Foto: Divulgação / Scott

Triatleta olímpico dá dicas de como cuidar da sua bicicleta speed

Com uma medalha de ouro nos Pan-2011 e duas participações em Olimpíada no currículo, triatleta Reinaldo Colucci é um dos principais nomes do Brasil no esporte

Reinaldo Colucci, triatleta que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara (México), e soma duas participações em Jogos Olímpicos (Pequim-2008 e Londres-2012) separou algumas dicas para ajudar os ciclistas e triatletas a cuidar ainda melhor do seu equipamento. Veja abaixo:

Cuidados básicos e manutenção preventiva – “Limpeza e lubrificação são os cuidados básicos. Afinal, os problemas mais comuns numa bicicleta speed estão relacionados à falta de lubrificação nos cabos e na relação que leva ao desgaste mais rápido das peças. O ideal é fazer sempre a manutenção preventiva, mantendo as peças limpas e constantemente lubrificadas”.

Existem diversos produtos desengraxantes no mercado. Dê sempre preferência aos biodegradáveis, que hoje em dia são muito evoluídos e tem pouco impacto ao meio ambiente. Além disso, esse tipo de produto não deixa resíduos após a aplicação.

Uma dica importante é sempre lubrificar a corrente horas depois de limpar a bike, já quando ela estiver completamente seca.

E no caso de algum problema? – “Quando o ciclista tiver problema em alguma peça, quase sempre é necessário trocá-la. Exatamente por isso a manutenção preventiva é tão importante. Eu sempre digo que é fundamental cuidar da sua bike para que não ela não chegue a esse estágio”.

Pneus calibrados – “Coisas que eu nunca esqueço e recomendo para todos. Mantenham os pneus sempre calibrados, isso ajuda a evitar furos. Sem contar que faz bastante diferença na rolagem e velocidade da bike. Lembrar como é importante dar uma conferida com uma bomba de ar de qualidade pelo menos uma vez por semana”.

As bicicletas de estrada normalmente são calibradas entre 100 e 120 PSI’s. Se você tem dúvidas, confirme no próprio pneu – praticamente todos os modelos informam na lateral do pneu a pressão limite. Alguns ciclistas gostam de menos pressão nos pneus dianteiros, algo entre 2 e 5 PSI’s a menos do que os de trás. É importante que você teste e encontre o ideal para o seu estilo de pedalada.

Dica de campeão – “Furos são menos frequentes quando pedalamos de speed do que em mountain bikes. Porém, para diminuir ainda mais as possibilidades, eu uso fita especial antifuro de silicone que vai entre a câmera de ar e o pneu. Eu também costumo aplicar líquido selante que ajuda a estancar pequenos furos”. Esse tipo de procedimento normalmente á feito em uma oficina especializada.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização