22 de maio de 2024

Após ser flagrado em doping, campeão paralímpico do ciclismo não vem ao Rio

Teste realizado em julho no ciclista australiano Michael Gallagher, medalhista de ouro nos Jogos de Pequim 2008 e Londres 2016, deu positivo para a substância Eritropoetina (EPO)

Especialista na modalidade de perseguição individual, o bicampeão paraolímpico Michael Gallagher será uma das ausências mais notadas nos Jogos Paraolímpicos Rio 2016.

Flagrado em teste positivo no doping,  o paraciclista australiano, medalhista de ouro nos Jogos de Pequim 2008 e Londres 2016, foi suspensão por sua federação e ficará fora da disputa de sua modalidade no Brasil.

A amostra que foi colhida em julho, na Itália, acusou a existência de Eritropoetina, conhecida popularmente como EPO, substância proibida por regulamento da União Ciclística Internacional (UCI). Neste sábado, a Autoridade Antidopagem da Austrália confirmou a informação e também a punição dada para Gallagher.

Com a punição, o ciclista de 37 anos ficará temporariamente suspenso de competições oficiais. As investigações sobre o caso terão prosseguimento e Gallagher será direito de apresentar uma defesa sobre o caso.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização